O que fazer se uma menina gosta de você

"Melhor amiga"

2020.11.22 07:09 Novel_Resident_ "Melhor amiga"

( Alarme! Texto grande!! ) A muito tempo atrás na minha antiga escola eu tive minha primeira melhor amiga, porque eu nunca tive um amigo de verdade isso era muito especial pra mim, nós conversamos sempre, de intervalo até a saída todos os dias, ela era um ótima amiga até as coisas... Mudarem, ou melhor ela mudar.
1° bandeira vermelha: namorados.
Ela nunca foi uma pessoa de namorar até ela começar a gostar de um cara na minha sala, ela nunca parava de falar o quanto ela gostava dele e como ele era lindo e tals, ela falava tanto que esse acabou sendo o assunto favorito dela por meses, eu não suportava só falar sobre garotos ou em namoros ( e até hoje não é um dos meus tópicos favoritos. ) mas como eu sabia que ela nunca tinha se apaixonado antes era normal ela ficar toda hora falando dele, então eu só fui paciente, mas toda a vez que eu tentava puxar sobre um assunto diferente ela sempre dava respostas rápidas pra o assunto acabar logo, o que não era bem, muito legal. Eles acabaram namorando, yaaay. Eu finalmente achei que esse papo de garotos ia acabar mais só ficou pior, não durou muito tempo o namoro e eles terminaram bem rápido, ela passou mais um monte de meses só falando o quanto ele era babacas e tals e sla o que e novamente quando eu tentava só mudar de assunto ela continuava falando mau dele e dai pra frente todos os assuntos que ela tinha pra conversar girava em volta de garotos e namoros.
2° bandeira vermelha: Novas amizades.
Eu nunca tive problema em ter um amigo ou dois a mais, mais como ela era minha primeira melhor amiga era normal eu ter um pouco de ciúmes, a gente começou a sair um uma menina super bacana e eu não tinha nenhum problema com a presença dela, mas essa garota que começou a falar com ela não era gente boa, era repetente e também se metia em bastante briga e uns rolos aí, eu nunca fui de conversar com ela mais já a minha melhor amiga já adorou ela mas meio que essa garota ( vou chamá-la de Mara) a Mara não gostava nem um pouco de mim, era grossa, não tinha respeito pelas coisas que eu gostava e era bem violenta. Eu falei várias vezes para minha amiga ficar longe dela porque ela não era boa pessoa mas ela nunca me escutou ( ela nunca me escutava também quando eu alarma-va sobre garotos babacas que ela insistia em namorar) e então eu pensei, se ela não vai me escutar talvez eu tenha que fazer a Mara ir embora conversando com ela, então foi o que eu fiz, mas a situação ( obviamente) saiu do controle e ela fez minha amiga pensar que eu era muito ciumenta e a trouxe para o ciclo de amizade tóxico dela. Nós brigamos e depois disso paramos de nos falar por um bom tempo.
3° bandeira vermelha: Reconciliação.
Após muito tempo sem se ver, eu tinha me arrependido pelas coisas que falei e realmente acreditei que eu era apenas ciumenta e deveria pedir desculpas, e foi isso que eu fiz, eu pedi desculpas e ela também e nos abraça-mos, eu estava tão feliz, eu pensei que a gente era melhores amigas de novo e que tudo iria voltar a ser como era antes, bem não foi bem assim. Não nos falamos mais, ela criou um novo ciclo de amizade e eu também, os assuntos não eram os mesmo e acabou que o pedido de desculpas foi só pra não ter peço nas costas. Mas mesmo assim eu pensei "sem ódio, o que importa é que não estamos mais brigadas e é isso que importa" e assim foi, a vida continuou. Mas a história acaba aqui? Bem eu queria, mas não.
4° e última bandeira vermelha: Fofocas.
Lá estava eu com meu amigo ( vamos chamá-lo de Caio ) eu e ele estávamos apenas conversando no final da aula como fazíamos, mas ele estava agindo diferente. Ele não estava conversando muito e ria baixinho de vez em quando, eu não perguntei o porque pois eu queria respeitar o espaço pessoal dele e porque provavelmente não era da minha conta. Mas de repente ele para a conversa e fala: " Ei, é verdade que você gosta de mim?" Eu fiquei congelada no lugar, eu nem sabia o que disser, como ele sabia da minha quédinha por ele que eu tive no 4° ano? Eu não tinha contado pra ninguém, só pra... " Ei Caio, uh quem te disse isso?" Ele respondeu ainda com um grande sorriso em sua cara: " a foi a fulana ( minha melhor amiga ) ela disse que se gostava de mim e tals." Eu nem sabia o que responder, porque ela diria isso pra ele?? Eu fiquei furiosa, nós não éramos mais amigas mais ela sabia que o Caio era meu amigo! E melhor amiga ou não isso era totalmente babaca da parte dela contar um segredo constrangedor meu. Eu nem sabia o que responder, soltei a resposta mais rápida que pude pensar: " Ah... hehe é bem, eu gostava mesmo mais... Isso já faz muito tempo e hoje eu não sinto mais nada." Após isso eu vi seu grande sorriso totalmente desmoronar lentamente, e ficou um silêncio horrível entre nós, bem o Caio não conversou mais direito comigo depois.
eu nem sei o que pensar sobre ela hoje, e tenho medo de ela ter contado mais segredos constrangedores sobre mim. Bem foi isso, muito obrigado por ler até aqui! Até o próximo desabafo eu acho kkkk
submitted by Novel_Resident_ to desabafos [link] [comments]


2020.11.22 01:49 kionda_movey Simplesmente CheckMate

Essa história é meio longa e não é linear, mas vou me esforçar pra resumir o máximo pra não exagerar aqui. Eu sou homem, tenho quase 20 anos e sou de uma família de classe média muito (muito) tradicional e conservadora. No final do ano passado eu comecei a namorar e aconteceu uma gravidez inesperada (apesar dos precauções), hoje temos um bb de 3 meses.
O que ocorre é que agora eu sou "forçado" a ficar com ela o resto da minha vida, já que temos um filho e tals, e eu gosto dela (hoje estamos de boa) o problema é que eu não sei se ela é "a pessoa" e eu ainda queria conhecer muita gente e aprender com outros relacionamentos; eu já fiquei sério com outras meninas, mas minha atual também foi a primeira namorada que eu assumi.
Eu gosto muito da minha família, daria minha vida por eles, mas tenho que manter uma certa postura por ser o filho mais velho, não tenho a liberdade ou espaço pra conversar com ninguém da minha família sobre isso. Além disso meus pais sempre foram superprotetores e raramente me deixavam sair com amigos (pq eu ia me drogar ou ser sequestrado), o resultado é que tenho pouquíssimos amigos e quase nenhuma habilidade social. Os poucos amigos que eu tinha se afastaram por causa da pandemia, estou em cárcere privado e não tenho uma boa presença virtual. Em resumo, estou sozinho e tenho que guardar tudo pra mim.
Minha namorada gosta de animes e se veste tipo egirl, mas ela não chega a ser otako. Nesse ponto a gente não combina, eu gosto de ler e pesquisar sobre economia e política, ela gosta de jogos online e assistir anime. O resultado é que 99% dos amigos dela são homens que assistem animes e jogam, e como ela joga online, esses caras conversam mais com ela do que eu. Isso me deixa muito mal, eu até tentei jogar mas sou horrível fui xingado a cada 2 seg, então fiquei com raiva e nunca mais joguei.
Ela também sai pra festas, eu não gosto de beber pq já tive muito problema com bebida, e simplesmente não consigo conversar com os amigos dela (em parte por não entender as conversas de shitpost e também por não ter habilidades sociais). Por isso fico em casa sozinho enquanto ela sai com os amigos homens, de saia e cropped. Eu sempre fui muito honesto e odeio traição, tipo krl pode ficar com outras pessoas mas tenha o mínimo de respeito e termine cmg antes se for fazer isso mds. Mas mesmo assim provavelmente ela me trai, eu não tenho provas, ninguém vai me falar pq não tenho contatos e não vou dar a doida de aparecer lá do nada pra pegar ela no flagra. Eu fico muito triste pq ela tem depressão, borderline e ansiedade e por isso ela bebe muito, mas ela está amamentando e eu não posso fazer nada. Se eu falar pra alguém isso vai criar um problema pra ela por umas 3 semanas, depois ela vai voltar a beber, a única diferença é que minha família vai odiar ela e eu vou ficar preso a uma pessoa que todo mundo da minha casa não gosta, então "denunciar" o consumo de álcool dela está fora de questão.
Eu tinha muitos plano pra esse momento da minha vida, queria visitar um tio que mora na Alemanha, ele iria pagar minha passagem e eu ficaria uns 6 meses na casa dele estudando. Tinha vontade de conhecer muitos lugares e me dedicar aos estudos, mas esses sonhos estão acabados pq agora tenho que "ser homem" e trabalhar pra comprar as coisas do meu filho, não consigo me dedicar aos estudos e não consigo fazer outros cursos para desenvolver outras habilidades (sempre quis tocar violão e sou péssimo em excel) pq quando não estou trabalhando nem estudando pra faculdade, tenho que cuidar de um bebê.
Não tenho nenhum amigo pra conversar, não posso sair de casa, me relaciono pouco com minha namorada por gostarmos de coisas diferentes e esse sentimento de ela estar me traindo está me matando por dentro, a desconfiança cresce como um câncer e me dá vontade de abandonar tudo e sumir pra sempre. Não posso falar sobre isso com minha família e pra mim tudo o que eu sempre quis fazer nunca vai passar de um sonho. É como se eu tivesse desperdiçado a "melhor parte da minha vida".
Hoje toda vez que eu encontro minha namorada eu tenho um embrulho no estômago por pensar que ela dormiu com outros caras e mesmo assim eu estou preso a ela. Não vejo nenhuma possibilidade de realizar meus sonhos e metas de vida e nem posso me dedicar aos estudos. Isso não me deixa desesperado nem com vontade de gritar de raiva, é como se eu já tivesse desistido, sem vontade de resistir a mais nada, como simplesmente flutuar em um mar gelado com esse gosto amargo na boca, sem condições de lutar. A pior parte do meu dia é quando eu acordo e me lembro que tudo isso não foi um sonho ruim, e não tem nenhum dia que eu não peça a Deus pra me levar, seja em um acidente ou doença. Eu não estou cansado de uma vida difícil, mas angustiado por ver um futuro longo e infeliz independente da direção em que eu olhe.
Fico feliz em poder tirar isso do meu peito e desculpe se houve algum erro de digitação, obrigado por deixar eu compartilhar essa história com você.
submitted by kionda_movey to desabafos [link] [comments]


2020.11.22 01:08 bombarril Ruim com ela, pior sem ela

TL;DR: terminei hoje, eis aqui um longo desabafo.
Hoje de tarde pedi um tempo para minha então namorada. Nossa relação estava me fazendo mal, e os momentos bons eram tão raros que não compensavam o esforço. Mas como me dói... Eu ainda amo aquela menina, e sei que ela realmente estava tentando ser uma boa namorada para mim, só que eu não acho que ela possa simplesmente mudar o jeito dela, nem acho que isso seja correto.
Eu sinto falta de quando a gente era amigo. Tudo era tão mais fácil... A gente se via, comia junto, dava risada, assistia um filme. Depois disso, íamos cada um pra sua casa, sem compromissos, sem discussões. Só coisa boa. Começamos a namorar e começam as expectativas um do outro. Eu nem sei se eu pedia demais, sabe? O que me motivou a pedir um tempo foi a falta de interesse dela.
Eu sei que ela tem seus compromissos, e que o pai dela é um pé no saco, mas poxa, já estamos há 20 dias sem se ver, e moramos perto. Eu também tenho meus compromissos, e conseguia sempre arranjar um espacinho para acomodar algum encontro ocasional. Eu propunha encontros sempre, sempre. Na amizade a gente se via umas 3 vezes por semana. Começamos a namorar e passamos a nos ver aos fins de semana. Depois só de domingo. Estamos há algum tempo nos vendo domingo sim, domingo não. E pra mim isso simplesmente não dá. E quando a gente finalmente se vê, ela age tão distante... Ela não segura minha mão nem me beija. Se eu ganhar um selinho é muito. E mesmo que eu só abraçasse ela pelo resto da minha vida, por mim isso não seria problema, sabe?
Eu me sinto... descartável. Toda vez que eu planejo um encontro e ela me fala uma das 3 clássicas, eu fico bem mal.
  1. Estou ocupada
  2. Meu pai não deixa
  3. Não quero
E ela? Tanto faz. Ela mesmo me disse isso uma vez. Não fazia diferença se ela me visse ou não. Ela estava contente apenas trocando mensagens. A gente praticamente webnamora, embora moremos na mesma cidade e sejamos maiores de idade. Ela é um amorzinho por mensagens, responde rápido e a qualquer hora, sempre dizendo que me ama e que me quer na sua vida. Mas ela fala uma coisa e age de outro jeito... Sei lá. Peço pra fazer call e parece que eu tô pedindo o cu dela. Sempre um sacrifício pra ela fazer qualquer coisa. Convido ela para jogar o jogo favorito dela, pq eu tô com saudades, e ela várias vezes me diz q n ta a fim ou q tem mais oq fazer. Daí em questão de 1h eu vejo e ela ta la jogando solo q. Ah, mas vsf. Eu valorizo demais o tempo q eu passo com ela, seja oq for. Pra vc ter uma ideia, eu já fui até em velório pra outra cidade com ela. Odiei, foi péssimo, mas eu fui pq era com ela. A companhia dela me motivou. Agora ela? KKKKKKKKKKKKKKKKKKK. Uma vez eu tava NA RUA DELA, e falei:
"Amor, tá em casa?"
"Tô, pq?"
"Tô aqui em frente kkkkk. Vem aqui"
"Não posso"
"Como assim?"
"Tô ocupada agora, não vou sair aí"
Eu chorei. Estava morrendo de saudades. Eu sou meio trouxa, eu admito.
Sei que ela era fiel. O problema real dela é a depressão. Ela sofre com isso desde a amizade, e eu sempre fiz meu melhor pra ajudar ela com isso. Sei que provavelmente seria bom pra ela que eu continuasse vivendo este relacionamento, mas honestamente, pra mim não dá mais. Choro quase todo dia, passo um puta nervoso, pq ela simplesmente se isola de mim e de todo mundo. Preferia ainda ser o amigo dela. Ser seu namorado tem sido desgastante.
Enfim, pedi um tempo pra ela hj de tarde, após mendigar pela terceira vez no dia se eu poderia ver ela. De manhã, ela disse q n sabia, q ia ver. No almoço, disse que faria faxina e q só se fosse mais tarde. Daí fim de tarde ela me diz q nem fez faxina, e que n ta fazendo nd, mas q a gente n ia se ver msm. Isso a gente estando há VINTE dias sem se ver. Daí eu tiltei. De modo educado, claro.
"Sério. Pra mim não dá mais. Não aguento mais esse sufoco pra simplesmente ver a sua cara. Eu quero um tempo."
A resposta dela?
"Tudo bem, eu compreendo. O que quer que você ache melhor para vc"
Não nos bloqueamos nem nada. Só não nos conversamos, e planejo tratar ela como uma conhecida por algum tempo, enquanto eu organizo minha cabeça, e ela a dela.
O que eu realmente espero com isso é que ela mude de ideia sobre tudo, e comece a me valorizar. Mas eu n acho q isso vá acontecer. Acho q acabaremos n voltando mais.
O que me dói, honestamente. Sei que todo mundo deve dizer isso, mas é minha primeira namorada e eu n consigo imaginar outra pessoa em seu lugar. Eu vou provavelmente procurar alguém muito similar, e comparar essa pessoa à minha ex. Eu simplesmente amo ela, conheço tudo dela, sei de tudo que ela gosta e de que ela não gosta. Sei dos podres, dos problemas, dos medos. E ela os meus.
Caras, aiai. Eu amo ela como eu amo minha irmã, como eu amaria uma filha. Eu quero tanto ela bem, puta merda. Eu tô mto dividido, queria que ela fosse diferente. É só... Mas é tão difícil...
Antes fosse só ela o problema. O pai dela me detesta por várias e várias razões. Eu tenho que ouvir as abobrinhas dele toda vez que cogito algo que ele não aprove, além do que ele já critica meu jeito e minhas atitudes. Ele me culpa por tanta coisa que eu nem tenho nada a ver...
Queria nunca ter pedido ela em namoro, gente. Acho que é isso. Sinto falta da minha amiga, e da minha paz de espírito.
submitted by bombarril to desabafos [link] [comments]


2020.11.15 21:37 rVonyon Mulher fedorenta

Não é tá ligado mano, vo da o papo reto tá ligando? Neguinho deve tá pensando ai q eu sou marrento bá “Pô palito é foda tá la explanando” Não to explanando não, tá ligado? É que pra nois omi já é difícil pra caralho Que tem a lei da conquista de pegar vocês, tá ligado? Antigamente mulher só ia no desenrolo pá no carinho no amorzinho no carin Hoje em dia não. Hoje em dia pro cara pegar uma mina bonita e gostosa ele tem que tá com o carvão no bolso né mano. Que as mina gosta de sair elas querem beber grey goose quer beber amarula whisky chandon... Então cara vai pra balada e já se fode no mínimo uns quinhentos merréis a mil reais com as mina pra pegar Tudo bem. Dinheiro a gente não liga que dinheiro a gente faz, tá ligado? Cum nois num tem neurose A pica é a gente gastar o dinheiro vai lá leva pra balada bota grey goose bota chandon e pega daqui pega de lá Melindrizinho daqui melindrizinho dali PUM Leva pro motel aí pra dar uma moral a gente leva logo pro oklahoma paga-lhe uma suíte de 250 cruzeiro Já foi MIL E QUINHENHOS REAIS quase pra comer a mulher Aí chega na hora do vamo ve Quando tu manda pra ela: amorzinho vai toma um banhinho Ela fala: eu não amor vou toma banho não... Já tem que acender o vermelho, tá ligado? Se a mulher não toma banho já acende a luz que é porca, fedorenta. Tá com a xereca suada a noite toda, bagulho mijo, foi no banheiro, deu aquela mijada, voltou, mijou, voltou. A xereca já tá a calcinha colando de xixi Tá ligado? É… Aí depois chega no motel num quer tirar a roupa aí tu já bola. Aí tu vai lá toma teu banho (faz o teu né mano tu é limpin), lava-lhe a caceta legal, toma ali aquele banho bonitin pum Dá logo 3 tapa na piroca pra ficar envernizada no banheiro Quando tu vem pa da um plá tu vai Ela já manda pra tu: “aiiiin apaga a luiiiiinz nuuum gosto de1 luuuz acesa” JÁ SABE QUE DEU RUIM NUM TOMA BANHO E TÁ COM A LUZ APAGADA, IRMÃO? A xereca tá com corrimento, o bagulho tá fedendo Já acende a luz vermelha que vai dar ruim! Mas como nois somo meio carnivoro ne a gente insiste ne neguin. É a obrigação de um HOMEM um homem de vdd um homem das cavernas aquele homem troglodita é insistir a gente vai lá e insiste Quando a gente tira a calcinha… que malandro que é malandro não enfia a piroca de vez não, hein? Essa molecada novinha aí que não sabe chupar buceta, que tem nojinho Se tiver nojin vai se fude vai pega gonorreia Porque esses babaca que mete já arria a calcinha enfia a piroca de uma vez SE FODE Ó o macete do palito pa vocês ó: Desce devagarinho beijinho na boca beija no peitin passa a língua do umbiguin ANTES de meter a língua na xereca tu mete o dedo, tá ligado? Mete o dedin e vai fingindo q tá dando umas massageada no grelo aí tu enfia o dedo lá dentro da xota dela e vai beijando ela na boca Passa-lhe o dedo por trás da nuca dela da-lhe aquela cheirada Mete no teu nariz e cheira SE VIER O FUNTUN DE MUN RÁ AQUELE CHEIRO DE CATACUMBA SAI FOOOOOORA QUE TÁ POOOODRE Agora se meter o dedin por trás mesmo se ela n tomar banho e tiver cheirosinha Aí vale a pena da-lhe uma chupada na buceta tá ligado manin Porque homem q não chupa xereca é viadinho Homem tem que mete-lhe a boca no grelin devagarinho e fazer descer o caaaldo da fruuuta poorra Mulher é que é mulher gosta de uma boa de uma xupada na xereca Atenção meninas, então por isso eu deixo aqui o meu apelo: atenção, diga não a xereca fedorenta Eu apoio mulher da buceta xerosinha!!! Chega me deu água na boca...
submitted by rVonyon to copypastabr [link] [comments]


2020.11.12 12:06 Grouchy-Invite-1591 Amigo da namorada

Gostaria saber a opinião de vocês, eu namoro faz 10 meses com uma menina, ela era amiga de varios meninos, eu tbm era amigo de muitas meninas, mas tinha um amigo em específico que gostava dela fazia mtt tempo, mas ela não teve nd com ele, nem siquer ficaram, mas esse cara mesmo sabendo que nois namora, fica dando em cima dela, querendo outras coisas, palavra dele, ela disse que não queria isso e queria outra coisa, ele fica perguntado pra ela se ela quer saber das intimidades dele e td mais, tentando fazer eu e ela brigar, ela já mandou a real pra ele e mesmo assim ele fica mandando mensagens, eles eram mtr amigos antes e amigo da família, ela me entende que se fosse ao contrario ia ser ruim, mas a família dela não entende, uns tempo atras eles chamavam ele pra ir na cada dela msm ela falando que n era pra ir, isso doi, pq ela ficou mtt chateada pois era mtr amigo dela, eu apaguei umas fotos dele que tinha no cell dela, e ela ficou chateada pq gosta de guardar momentos, isso me chateou mtt, mas msm assim ela deixou e tbm tá tendo que um colega dela mandou msg, eles não se falavam, agora não para de cvs, o dia todo e tds os dias cvs, e ela fala q é amigo de infância e não tem problema, parece que ela enjoou de conversar só cmg de menino sla, uma menina só responde meu status ela já fica brava e eu não posso ficar bravo com ela que ela fala q n é nd d+, me ajuda ai pessoal n sei mais oq fazer
submitted by Grouchy-Invite-1591 to u/Grouchy-Invite-1591 [link] [comments]


2020.11.12 06:34 C4l0psita Eu quero mandar duas pessoas a merda no meu grupo

eu tava com muita preguiça de escrever aqui mas agora que eu quase estourei em call com um amigo eu resolvi escrever.
Basicamente eu tenho um grupo de amigos no discord, eu conheço eles faz 4 anos e a gente é muito unido, lá todo mundo gosta de todo mundo e era um refugiu pra quem não gostava da vida real, então quando alguém do nosso grupo sofria bullying, ele podia ir la pra esquecer dos problemas, a gente sempre foi de boa até o começo do ano, uma garota pediu meu discord, ela jogava rpg e eu também e a gente começou a conversar, por acaso ela foi pro mesmo colégio que eu, a gente foi pro ensino médio junto, foi a primeira vez que eu estudei de manhã e ela também, a gente saía todo dia no recreio e ficava junto jogando truco com o meu grupo de amigos já que ela mais uma guria que gostava de anime e video-game (Nota: ela era de uma turma diferente da minha. Nota2: os meus amigos do colégio não são os mesmos do discord), tava indo tudo bem, eu era o mestre de uma campanha de rpg, ela já sabia disso, a gente passava muito tempo em call no discord desde que a quarentena começou, uma hora o meu grupo do discord iria descobrir que eu tava falando com outra pessoa já que eu passava muito tempo fora da call no grupo lá, basicamente eu cometi o que eu considero o maior erro da minha vida, eu adicionei ela na call pra ver uma campanha de rpg, só que meus amigos conseguiram o contato dela (meus amigos são de boa e eles moram em outros lugares do brasil, a menina é a unica que mora na mesma cidade que eu), eu adicionei ela no grupo do rpg meu e depois no grupo principal nosso que só cabe 10 pessoas, ela se enturmou lá mas ai que tá, tava pintando um clima entre nós, era um quase semi-mini-web-namoro, ou seja, não era nada oficial a gente nunca se beijou mas a gente não se considerava amigo e fazia umas indiretas sobre gostar um do outro, mas a gente tem uma personalidade que faz querer não confessar primeiro, então era um jogo mental pra ver quem se declara (tipo Kaguya-sama), bom, um dos meus amigos depois de um tempo começou a falar com ela, eu havia conversado com ela sobre ela não falar sobre a nossa relação para os meus amigos já que eu descobri que ela contou sobre eu dar boa noite pra ela e tals, depois disso o meu certo "amigo" conversou comigo sobre minha atitude com ela (eu sou uma pessoa difícil mas é de brincadeira, eu realmente levo o sentimento dela a sério), eu respondi que eu tava ciente disso, só que ele começou a se meter demais na nossa relação, eu conversei com ela sobre isso e ela concordou em parar de falar sobre isso com ele, mas tinha uma coisa, a gente postava imagem adultas no grupo, fazia comentarios de humor negro por que ninguém se descriminava, mas ela tava lá e eu não queria que ela visse essas coisas adultas e tals, por mais que ela não ache um problema eu acho e conversei com ela sobre isso, "fica dificil eu cuidar pra não te mandar meme com algo pornográfico e depois saber que meus amigos te mandam muito meme porno no teu privado", ela concordou comigo e eu falei pro pessoal pra evitar fazer isso, depois dela sair do grupo pra entrar outra pessoa no lugar, eu queria que se mantesse assim mas só não dava, eles adicionavam ela e eu não podia fazer mais nada por que eles ja haviam virado amigos dela, muito tempo depois e algumas conversas com ela, ela não tava mais no grupo, mas as pessoas conversavam ainda com ela no privado, o que era um pouco de problema por que depois de muito tempo eu descobri que o meu "amigo" falou pra ela me largar umas 2 vezes (não para me dar um chifre mas só por ser metido) eu mandei ele ir a merda e disse "não fode", eu fiz uma regra com o pessoal pra me avisar toda vez que ela fosse entrar no grupo pra eu cuidar se pode ou não (eu pedi isso, e pela nossa amizade e respeito por mim eles entenderam e aceitaram), só que uma pessoa não fez isso, que foi esse "amigo" e ele falou "mas agora eu tenho que beijar teu pé e pedir por favor pra adicionar ela?" e eu respondi "não, mas me avisar pelo minimo de amizade que a gente tem e pela minha situação", ele retrucou e eu perguntei se ele realmente queria conversar, por que se ele aceitasse eu ia mandar a real das merdas que ele tava fazendo faz um bom tempo, basicamente ele aceitou e eu perguntei qual era o lugar dele nessa história já que ele não fazia parte não era para estar se metendo, mas ele só tentou desviar e nunca respondia como um verdadeiro covarde, eu tava em call com dois dos meus melhores amigos em um outro grupo e os dois estavam vendo, por mais que não pareça eu analisei e conversei com eles pra ver se eu tava fazendo alguma coisa errada, mas não, tudo que deu de merda foi por culpa desse meu "amigo", só que ninguém ficou realmente do meu lado, eles chegaram a responder quando eu falava algo como "fulano você não concorda com isso?" mas ninguém ligou pra isso, o meu amigo basicamente tinha um ideal fudido de querer ajudar quem ele quiser e fodase, eu tava full putasso mas eu não podia xingar ele do nada sem ter motivo, então eu mantive a calma por que ele tava me contando que a guria que chamava ele pedindo conselho e não ele, então eu, ele e ela entramos em uma call e conversamos sobre isso, essa guria é muito minha amiga, e eu e ela queremos realmente ficar juntos, ela tava do meu lado, ela sabe que eu sofri, mas ela também não fez nada, eu tava literalmente sozinho, todo mundo concordava mas ninguém me apoiava, eu ainda to nesse caos todo e não sei o que fazer, o único cenário que me faria feliz é todo mundo parando de falar com esse "amigo" e todo mundo menos eu parando e falar com a menina, só que é tudo impossível já que é eu que quero isso e ninguém se importa com isso, eu conversei com dos meus melhores amigos agora, e ele disse que taria aqui por mim mas ele não tem ideias boas, eu ja tentei conversar com ela e ela me entende só que só não tem como chegar em uma conclusão, a mais plausível é eu me acostumar com a dor de quando eu querer fugir da minha vida real eu correr pro meu refugio, só que ele ja tava arruinado ja que antes eu queria só encontrar meus amigos mas a mina tava lá (agora não ta mais) e atualmente tem o meu "amigo" lá o que não me da vontade nem um pouco de entrar em call. Eu e a menina temos aula online, e ficamos em call juntos com a webcam ligada (por que a escola obriga) e a gente fica ainda sorrindo um para o outro, é legal isso mas eu não posso ainda me esquecer do todo o caos na minha volta, as vezes eu fico puto com ela e as vezes eu to calmo, mas eu não posso nem mandar ela ir a merda já que ela vai querer me perguntar o porquê disso e só seria mais dor de cabeça, eu só to pronto pra explodir e xingar todo mundo. eu já pensei em trocar de grupo mas eu prometi pra ela que não ia abandonar ela sem motivo, mas eu ainda sim só queria recomeçar e torcer pra não fazer essa cagada mais uma vez :/
submitted by C4l0psita to desabafos [link] [comments]


2020.11.10 19:38 POL4RGTS uma menina disse que estava apaixonada por mim

estou repostando, aparentemente não posso dizer as idades
olá, isso aconteceu em novembro... (vou copiar as mensagens e colar aqui)
recebi uma mensagem de uma menina, nela dizia mais ou menos isso “a maria (nome fictício) gosta muito de você”. fiquei surpreso e não acreditei muito, fiquei conversando com ela sobre isso e fui tentar entender.
mandei mensagem para a maria (conversamos um pouco a muito tempo atrás, nada de mais) e mandei o print que a amiga dela tinha me mandado, ela mandou “👉🏻👈🏻” so isso, pedi para ela me explicar, “então, O que os olhos vêem coração sente”. (fiquei tipo??????)
no dia seguinte ela mandou “Eu realmente te amo, mas ok se você não sente nada”. mandei um bom dia e perguntei como ela tinha tanta certeza, a final não tínhamos conversado muito, “Não sei comecei a gostar de tu, Eu sei que a gente converso pouco, mas tu foi muito simpatico comigo” falei que não tinha sentido, e que estava meio bugado.
no mesmo dia conversamos mais um pouco e ela diz “Ninguem mando ser bonitu”, então eu disse “não sou bonitu, e se fosse você só estaria apaixonada pela minha “beleza”, não pela minha personalidade”.
então ela disse que a amiga dela me “aprovou” e que iria fazer de tudo para ficarmos juntos, eu disse que moramos em estados diferentes, e que ela só tem tantos anos (eu tenho tantos anos ), tentei explicar que não iria dar certo, fazendo de tudo para não magoá-la. ela disse que eu “prestava”, perguntei como ela sabe, ela respondeu “Status, Você gosta de gatos, Se gosta de gatos, eu tenho 5 miau miaus”, ( meio sem sentido)
pedi desculpas e disse que não iria dar certo porque sou muito mais velho e moramos em estados diferentes.
fiquei conversando com ela depois disso, a final não queria deixar ela “sofrendo” calada, então conversei normalmente. fui parando de mandar mensagens, porque não queria iludir e nem magoar ela, deixei bem claro que não acredito em relacionamento à distância, falei que ela é incrível, linda, fofa e que vai achar alguém bem melhor que eu, e que mora perto dela, é tudo uma questão de tempo.
ela sumia e mandava mensagens do nada, respondia normal e ela nunca prosseguia a conversa.
se passou um bom tempo e recebo uma solicitação de amizade dela, aceitei e no dia seguinte mandei mensagem, pensei que ela não tinha me esquecido e não queria fazer ela sofrer. conversamos normal nesse dia, no dia seguinte ninguém mandou mensagem, e ela sumia e mandava mensagem do nada, respondia normal mas não prolongava a conversa.
se passou um bom tempo que ficamos sem conversar, ontem perguntei a ela se o suposto sentimento tinha acabado, ela disse que sim. então apaguei o número dela e exclui ela do facebook, porque se ela já me “amou” seria ruim ficar vendo coisas minhas na internet.
tentei resumir o máximo possível
e é isso, ficou muito confuso né? kkkk
menor ki treix <3
submitted by POL4RGTS to desabafos [link] [comments]


2020.11.06 13:50 bob941 POSTEM O CONTEÚDO DE VOCÊS

Pessoal, o objetivo do sub é compartilhar o conteúdo. Deixar ele guardado e ficar enviando só por DM é foda né, principalmente se não for algo que possa te identificar. Via de regra, sempre que tiver algo que você gosta, poste. Mesmo se for só um peitinho, uma calcinha ou só a menina dançando. Vai fazer outro marmanjo feliz!
submitted by bob941 to BigoLiveBrazil [link] [comments]


2020.10.29 14:46 KenzilRay Meu Primeiro Desabafo

Bom dia galera, tudo bem?
Tenho 21 anos e eu sou novo aqui, na verdade sou novo no Reddit em geral, e eu gostaria de desabafar um pouco com vocês, já vou adiantando minhas desculpas pelo texto longo.
Em Junho desse ano eu conheci uma menina pelo Tinder, e coincidentemente ela é da minha sala na faculdade, (estamos no primeiro ano, e como só tivemos aulas presenciais até Março, não deu pra conhecer muito bem o pessoal da sala). Bom, ai o caminho ficou fácil, eu procurei o WhatsApp dela no grupo da sala, e começamos a conversar por lá, e a gente se deu super bem, conversávamos o dia todo, sobre a faculdade, sobre o nosso cotidiano, sobre nosso problemas, enfim, sobre os mais variados assuntos, dava pra ver que ela tava afim de mim, assim como eu tava afim dela, mas infelizmente a gente não podia sair, nem se encontrar, por conta da quarentena estava tudo fechado, e tanto ela, como eu, estava levando isso a sério.
Bom galera, depois de uns dias conversando, eu percebi que ela estava totalmente diferente comigo, ela demorava horas pra me responder, e não me tratava como nos dias que a gente se conheceu. Isso me incomodava, mas eu sabia que não posso ficar cobrando isso de uma pessoa que sequer nem vi pessoalmente, então eu deduzi que ela estava passando por alguns problemas pessoais. Só que chegou num ponto que eu não aguentei mais, e resolvi perguntar a ela o que tava acontecendo, e resumidamente, ela tinha me dito que queria ir com calma em relação a tudo, pois passou por recepções recentes e não queria ser iludida novamente. Eu entendi o lado dela, até porque a gente não deve ficar forçando nada, tudo tem que acontecer de forma natural.
E desde esse tempo pessoal, vínhamos conversando como amigos pelo WhatsApp, as vezes conversávamos o dia todo, as vezes ela demorava pra responder, mas ela nunca me tratou mal, sempre foi gentil comigo, sempre puxava assunto e me chamava pra conversar, chegamos até fazer trabalho da faculdade juntos, eu senti que rolou uma identificação ali, entendem? Dava pra notar que ela gostava da minha companhia.
Só que a tragédia mesmo aconteceu no começo desse mês KKKKK Eu resolvi tomar uma atitude e falei que eu tava afim de uma conversa olho a olho, sair pra algum barzinho, lanchonete, restaurante, enfim, o lugar não importava, eu só queria conhecê-la melhor, sem segundas intenções. Galera, ela mandou um texto gigantesco, gigantesco mesmo, mas vou resumir aqui pra vocês: Ela disse que não sentiu o suficiente pra tentar um relacionamento, que eu posso ter criado um sentimento que não seja exatamente por ela. Ela também me disse que a gente pode dar certo lá na frente, mas que agora a gente não se identifica pra isso. Pra finalizar ela contou que tava gostando de um cara que não saber o que quer e que sempre vai e volta na vida dela.
Isso me deixou abalado de uma forma inimaginável gente, mas ela disse que se eu quiser, eu posso chamar ela pra continuar a amizade, ela só pediu um tempo pra eu me recuperar e acabar com esses sentimentos. E hoje pessoal, eu continuo decepcionado com o que aconteceu, eu sinto muito a falta da companhia dela, das mensagens, dos assuntos. As vezes eu me arrependo de ter dito tudo aquilo pra ela, pois hoje parece que a gente nem se conhece mais..... mas por outro lado, eu não iria saber que ela gosta de outra pessoa entendem?
Isso tá afetando no meu dia a dia, no meu desempenho no trabalho, nas aulas online, e nessa quarentena parece tudo ficar intenso, eu choro sozinho, sinto saudades, fico carente esperando por uma mensagem inesperada, eu sinto um vazio muito grande. Eu cheguei a responder alguns stories dela (podem me chamar de trouxa gente, porque eu sou mesmo), e ela respondeu com muita gentileza, como se nada tivesse acontecido, mas eu não prolonguei muito a conversa, porque eu só iria ficar me machucando ali... e não é isso que quero para mim!
Gente eu gostaria de saber o que vocês fariam no meu lugar, se vocês chamariam depois pra continuar a amizade ou não? Mais uma vez me desculpem pelo texto longo, não sei se alguém vai ter coragem ou o tempo suficiente pra ler e responder tudo isso, mas eu precisava desabafar com alguém....
Obrigado!
submitted by KenzilRay to desabafos [link] [comments]


2020.10.28 00:47 lauraahuman Eu odeio minha avó

Desde que eu era criança, eu nasci em uma camada bastante privilegiada da sociedade e dentro de uma igreja,que, particularmente eu não me identifico, então basicamente a família sempre foi a coisa mais importante e valorizada pelo ambiente no qual eu cresci. Meus pais nasceram em cidades muito pequenas e vieram pra uma “cidade grande” tentar a vida, e se hoje eu tive uma educação de qualidade e uma vida extremamente confortável, eu devo tudo para eles, que sempre me ensinaram o valor da educação e que o dinheiro não nascia em árvore. Eu sou filha única e como o resto da minha família mora longe, nós sempre fomos só nós 3 e mais ninguém. Minha mãe nasceu em uma casa extremamente abusiva, a mãe dela batia e torturava psicologicamente os filhos em um nível que, minha mãe era uma criança com sobrepeso, e uma vez, minha avó a levou para comprar um sapato, um sapato branco não cabia no pé da minha mãe e a minha avó esmurrou tanto os pés da minha mãe que ficaram tão machucados que até hoje ela não usa sapatos brancos. Ela realmente faz questão de deixar claro que não se importa com os filhos, e sim com os irmãos dela, ela chegou a falar que os filhos estão ali apenas para servi-la. Quando meu tio era mais jovem, ele acabou engravidando uma moça e minha avó acabou por se responsabilizar pela menina e adivinhem? Ela trata essa neta como a mais especial do mundo, enquanto os filhos e o resto dos netos são tratados com desdém. Não me leve a mal, eu gosto muito dessa prima e ela é bastante esforçada e bastante gentil, mas minha avó é capaz de tirar algo de mim para favorecer ela. Como toda criança, eu queria uma avó que se apegasse à mim, e que fosse amável, como tantas avós que eu vejo na internet, mas ela nunca mostrou nenhum sentimento de afeto, nunca me deu um presente bom, sempre me dava uma roupa com a etiqueta escrito “15 reais” sendo que ela tem condições de me ter dado algo melhor. Você deve pensar que se ela age assim com os filhos, com os genros deve ser pior. Bem, parte disso é verdade. Meu pai é o favorito dela, ela sempre compra coisas que ele gosta de comer quando vamos visitá-la, e sempre diz que ele é como um filho pra ela, mas meu pai é o cara mais tranquilo que eu já conheci, e ele basicamente escuta tudo o que ela fala de ruim sobre todo mundo e apenas ignora e diz “Sim, verdade, poxa que pena”, mas com os outros genros não é assim: minha tia fugiu de casa para casar com um homem não muito legal, e quando a filha mais velha deles, com oito anos, morreu de leucemia, ela não fez questão de ir ao funeral, e ano passado, quando o marido dela morreu, ela nem ao menos fez uma ligação para consolá-la. Já com o meu tio, ela fez de tudo pra ele se divorciar de sua esposa, e mesmo depois de ter conseguido isso, ela ainda inferniza a vida da mulher que já está casada com outro filho. Além do mais, eu, tenho muitas opiniões políticas e religiosas que divergem com ela, digamos que ela basicamente acredita no facebook, e qualquer coisa que ela vê lá, ela toma como verdade, ela é facilmente influenciada por religiosos que se colocam como deuses. Ela nunca vinha nos visitar, ela veio uma vez no meu aniversário de 6 anos e foi embora no dia seguinte. Ela se propôs a cuidar da minha bisavó com alzheimer e maltratava ela, ignorava o que ela ouvia, gritava com ela, e colocava ela pra tomar banhos quentes no verão. Meus pais dizem que eu deveria aprender a conviver com ela, mas francamente, eu não vejo ela como alguém da minha família, não tenho carinho ou laços com ela, não sinto nada além de indiferença, e realmente ela sempre englobou TUDO o que eu odeio em uma pessoa: alienação, narcisismo, traços abusivos, seletividade e imparcialidade. E eu não vejo ela como minha avó, ela nunca se dispôs a cuidar de mim, e deixou minha mãe sozinha cuidando de mim enquanto meu pai ia trabalhar, e ela não vinha porque ela simplesmente NÃO QUERIA, não era falta de tempo nem de dinheiro, ela simplesmente nunca se importou. Meus pais querem chamar ela pra passar três dias em casa, e eu disse que não vou fazer questão de rebater as ideias mirabolantes que ela acredita, e que se ela nos desrespeitar, eu não vou tolerar, pois ela está dentro da nossa casa, a casa que a gente levou 1 ano e meio para construir, do jeito que a gente quis e que meus pais trabalharam tanto pra que ficasse a casa mais perfeita, e eu não quero ela aqui dentro pra ficar desdenhando do que meus pais batalharam pra conseguir, porque as pessoas que ela ama e protegem não podem ter.
submitted by lauraahuman to desabafos [link] [comments]


2020.10.27 17:29 cidopina Estou enojado com esse trecho do livro "A Classe média no espelho", do Jessé Souza. Não que eu não soubesse que isso acontecia, mas não imaginava que era tão "normalizado" assim.

Sérgio: o CEO de um banco explica como se compra o mundo

Sérgio não é um CEO qualquer. Muito inteligente, culto, leitor de psicanálise nas horas vagas – a mulher é psicóloga –, ele é dessas pessoas que têm prazer numa sinceridade desconcertante. Sérgio tinha plena consciência de quem era e do que fazia. Se no passado teve algum problema com isso, agora não deixava transparecer nenhum incômodo.

Desde a adolescência, ele era grande amigo de João Carlos. Filho de banqueiros, havia acumulado fortuna própria na década de 1990, durante o governo de FHC, administrando fundos de investimento estrangeiros que ganharam uma grana preta com as privatizações levadas a cabo no período. Segundo Sérgio, João Carlos começou como um hábil representante de bancos estrangeiros e abriu inúmeras portas de investimento para os parceiros por meio de suas relações nos meios financeiros paulistanos, bem como no poder político e no Poder Judiciário, tanto em Brasília como em São Paulo. Lucrou tanto se utilizando do dinheiro alheio que fundou o próprio banco.

Nessa época, Sérgio frequentava uma faculdade de Direito nos Estados Unidos. Depois passou um ano em Londres, estudando finanças e ciência política e, por indicação de amigos do pai, estagiando num escritório que lidava com o mercado financeiro. Morou também em Sevilha, na Espanha, onde descobriu sua área jurídica de predileção: o direito administrativo.

No início dos anos 2000, quando voltou ao Brasil depois de quatro anos de pós-graduação no exterior, com pouco mais de 30 anos, o amigo João Carlos já era um multimilionário por “esforço próprio” e apenas naquele ano tinha ganhado mais dinheiro do que o pai durante toda a vida. Como o negócio do banco – aliás, o de todos os bancos hoje em dia – dependia da intersecção entre mercado e Estado, João precisava de alguém de confiança para cuidar da parte jurídica, antes terceirizada em diversos escritórios. Sérgio recebeu então carta branca para montar sua equipe de trabalho. Hoje o departamento jurídico é o centro nervoso do banco, com tudo passando pelas mãos de Sérgio, e ocupa um andar inteiro de um prédio moderno, decorado com luxo e bom gosto.

Quando lhe perguntei qual era seu trabalho, Sérgio não titubeou.

O João é o gênio, sabe onde estão o dinheiro e as oportunidades, pensa nisso o tempo todo. Eu só faço comprar as pessoas necessárias para que as coisas aconteçam como ele quer. Não fui eu que inventei o mundo como ele é, só procuro sobreviver da melhor maneira possível. O mais importante no Direito é conhecer os meandros da linha cinzenta entre o legal e o ilegal. Meu trabalho é expandir ao máximo a margem da legalidade a serviço dos interesses do banco.

Como já existe toda uma legalidade paralela que cuida dos interesses do setor financeiro, meu trabalho é fazer com que o nosso banco fique com o melhor pedaço da torta. Nossa equipe tem mais de vinte advogados escolhidos a dedo e bem pagos. Mas eles fazem o ramerrão do trabalho jurídico. O dia a dia. Eu faço os contatos com juízes, políticos e jornalistas e cuido dos clientes estrangeiros. Com o serviço jurídico, no sentido tradicional, meu trabalho não tem nada a ver. É mais gestão de clientes, dar a eles o que querem, dizer o que querem ouvir, beber o que eles querem beber e ser discreto e sóbrio em tudo.

E o que eles querem?

Aqui em São Paulo o que move tudo é o dinheiro e todo mundo quer viver bem. As pessoas são compradas com dinheiro vivo e com depósitos em paraísos fiscais criados para isso. A gente sabe fazer bem feito. Sem deixar rastro. A cidade é toda comprada, não se iluda, toda licitação pública e todo negócio lucrativo, sem exceção, é repartido e negociado.

Todo mundo tem um preço. Até hoje não conheci quem não tivesse. E para todo negócio é necessário uma informação privilegiada aqui, um amigo no Banco Central ali, uma sentença comprada ali ou a influência de um ministro em Brasília acolá.

Além da compra direta, em dinheiro vivo ou depósito no exterior, a gente tem que paparicar constantemente os caras. Uma forma eficaz são os presentes constantes, sem a expectativa imediata de contrafavores. Isso gera simpatia. Às vezes você ganha até um “amigo”.

Todo mundo adora vinhos caros, e as mulheres desses caras adoram essas bolsas que custam 50, 60 mil reais. Se é alguém com conhecimentos técnicos, você pode promover seminários e palestras, e pagar muito além do que se paga nesse tipo de mercado. Para cada tipo de cliente e de gente existe um jeito mais conveniente de comprar sem parecer que está comprando.

Não fazemos isso em troca de um serviço concreto. Isso é muito importante. O que construímos é um círculo de amigos. Temos uma lista grande de pessoas que simplesmente presenteamos no aniversário e em diversas outras ocasiões, ano após ano. Presentes bons e caros. Não economizamos nisso. Aí, quando você precisa, pode contar com a boa vontade do cara. Isso é o que chamo de criar relações de confiança.

E o pagamento direto por serviços específicos?

Obviamente isso também existe. Aí pagamos em paraísos fiscais, por meio de transferências sucessivas entre dezenas de empresas de fachada, de tal modo que nem Sherlock Holmes consegue refazer o caminho original.

Hoje em dia existem meios ainda mais eficazes de eliminar os riscos, mas este é nosso pulo do gato, e não posso lhe contar. Mas não fica rastro, posso assegurar. Esta, afinal, é a nossa mercadoria: a segurança no investimento. E, sendo um banco, tudo fica mais fácil. Não é só no caso do nosso banco: todos os bancos, inclusive os maiores, fazem a mesma coisa.

A mina de ouro de qualquer banco comercial ou de investimento é o Banco Central. Ali só entra gente nossa. E o país é gerido a partir do Banco Central, que decide tudo de importante na economia. É lá que a zona cinzenta entre legalidade e ilegalidade define a vida de todos. Isso não aparece em nenhum jornal.

Podemos fazer qualquer tipo de especulação com o câmbio, como nos swaps cambiais, por exemplo. Se der errado, o Banco Central cobre o prejuízo. Não existe negócio melhor. Se der errado, o famoso Erário paga a conta. Quem controla toda a economia somos nós e a nosso favor, o Congresso nem apita sobre isso. Quando, muito eventualmente, decide sobre algo, apenas assina o que nós mandamos, essa é verdade que ninguém conhece porque não sai em nenhuma TV.

Claro que tudo é justificado como mecanismo de combate à inflação, e não para enriquecer os ricos. Para quem vê isso tudo funcionar a partir de dentro, como no meu caso, é até engraçado.

Essa é a estrutura legalizada pela opacidade do Banco Central e da dívida pública. Mas e os negócios ilegais mesmo?

Não existe negócio que não seja intermediado por um banco, seja legal ou ilegal. Essa história de operador e doleiro é coisa da Lava Jato e da imprensa para desviar a atenção da participação dos agentes financeiros. Os bancos são completamente blindados porque inventaram um meio infalível de distribuir dinheiro para quem já tem muito poder e dinheiro. Falam de todo mundo menos de nós, que comandamos tudo.

Para mim, aí é que está o poder real, o poder do dinheiro. Na verdade, são os bancos os operadores e os doleiros, e todo o dinheiro sai de bancos, seja dinheiro limpo – na realidade, sempre dinheiro que foi tornado limpo –, seja dinheiro sujo. A não ser que você fabrique dinheiro em casa.

Aliás, parte do lucro dos bancos vem de lavar dinheiro e intermediar transações. Mas o grosso da grana vem do Banco Central, das remunerações de sobras de caixa – que são ilegais, mas sobre as quais ninguém diz nada –, das operações de swap cambial, dos títulos da dívida – enfim, o Banco Central é nossa mãe. É tudo escancarado, mesmo com inflação zero e o país na ruína.

Nosso lucro é legal, ou seja, legalizado, já que somos intocáveis e ninguém se mete conosco. Boa parte dos juízes e ministros de tribunais superiores, como todo mundo no meio sabe, advogam por interposta pessoa, e nós somos os principais clientes de alguns e de quem paga melhor. São os bancos que pagam as eleições do Congresso quase inteiro. Aí você pode legalizar qualquer coisa, qualquer papel sujo que a gente mande ao Congresso os caras assinam. Nesse contexto, onde se pode tudo, as operações abertamente ilegais são uma parte menor dos lucros, mas obviamente existem.

Se ninguém imprime notas de dinheiro no quintal, é óbvio que todo o dinheiro, inclusive todo dinheiro sujo, vem dos bancos, que retiram parte do seu lucro real intermediando essas relações e lavando esse dinheiro. Os bancos controlam o que você vai fazer com o dinheiro e todo dinheiro pode ser rastreado.

Toda transferência bancária tem um chip e, se você quiser saber de onde o dinheiro vem, dá para saber. Inclusive nas transações internacionais. Se a transferência é em dólar, tudo passa por Nova York e recebe um número. Mas ninguém quer saber, essa é a verdade. Como os bancos mandam na imprensa, nos juízes e nos políticos, a intermediação de todo dinheiro ilegal jamais é denunciada. E se for denunciar, você é que acaba preso. Isso eu garanto.

Como funciona mandar dinheiro para propinas no exterior, por exemplo, para comprar gente em Angola, na companhia de petróleo?

Você liga para o presidente de um banco [e cita, testando minha reação, o nome do presidente de um grande banco] e pergunta qual a comissão dele para fazer remessa.

“Assim, na cara de pau?”, pergunto. “E como você acha que funciona?”, indaga Sérgio, rindo e se divertindo com minha surpresa.

Lembra daquelas malas do Geddel? Como você acha que aquele dinheiro chegou naquele apartamento? Dinheiro não dá em árvore. Quem tem a possibilidade de fazer o dinheiro circular de um lugar para outro são os bancos, mais ninguém.

Não há nenhum caso de corrupção em que o dinheiro não venha de um banco. Ou seja, os bancos são os intermediários, sempre. A imprensa nunca toca nisso porque é tabu. Afinal, a imprensa é nossa.

Como assim?

Vou lhe contar um caso. Assim que cheguei no banco, o João Carlos estava com problemas com um jornalista, metido a investigador, que publicava todo dia uma notinha chata sobre negócios nossos aqui em São Paulo. O João ofereceu milhões ao cara para apoiar projetos dele se aliviasse a pressão, mas o cara não aceitou. Foi um caso raro, pois era uma grana e tanto na época. O que fizemos? Compramos o jornal, um dos maiores do Brasil, e demitimos o fulano.

Agora decidimos o que sai ou não, pois somos os donos do jornal. Não precisamos pedir nada a ninguém. O jornal é literalmente nosso. Toda a imprensa hoje em dia é assim, de um modo ou de outro. Ou eles devem os olhos da cara aos bancos ou os bancos são os donos diretamente. Por isso não sai nada na imprensa contra os bancos. A imprensa é toda nossa: televisão, jornais, internet, o que você pensar.

E com os políticos e os juízes, como funciona?

Com os políticos você paga a eleição do cara e o que sobrar, se sobrar, porque toda eleição é mais cara do que se imagina de início, ele embolsa. Aí cobramos e montamos a agenda do cara. Ou então pagamos por serviço, como expliquei, normalmente uma parte em dinheiro vivo e outra em depósito sigiloso. Às vezes, num caso ou outro mais complicado, que precisa ser resolvido para os negócios andarem, você faz um depósito no exterior para vários ao mesmo tempo.

A coisa funciona do mesmo modo em Brasília e em São Paulo, e com todos os partidos políticos. Aquilo que aquele maluco da Odebrecht fez, ao criar um departamento de propina, todo banco tem, é como os negócios andam, não tem outro jeito. Mas a gente não deixa rastro como fizeram esses malucos. Ninguém é “santo” [referindo-se à suposta alcunha de Alckmin no livro da Odebrecht], pode acreditar.

E com o Poder Judiciário?

Com os juízes os presentes funcionam que é uma beleza. O cara termina incorporando ao salário – afinal, é a mania deles. A coisa que mais irrita um juiz é saber que um advogado ganha muito mais do que ele. Na verdade, quando o advogado é muito rico, pode ter certeza que também enfia a mão na merda. Como advogado, para enriquecer de verdade, você tem que saber comprar promotores e juízes, além de advogados de outras empresas, para que escolham o seu escritório quando houver necessidade. A Lava Jato está cheia disso. Cansei de ver um colega fodendo o outro para depois ficar com a conta da empresa. Talento muita gente tem, mas construir um círculo de poder e dinheiro e saber gerir isso, mesclando cuidado e ousadia, poucos sabem.

É por saberem disso que muitos juízes ficam putos com o dinheiro que os caras ganham. Sempre acham que merecem ganhar ainda mais do que os advogados mais bem pagos, porque os riscos maiores seriam deles, e não dos advogados. Mas a verdade, e todo mundo sabe, é que a maior punição que um juiz recebe é aposentadoria compulsória, e mesmo para chegar a isso tem que aprontar um monte e fazer muito mal feito.

E como vocês recompensam os juízes?

É um pouco diferente, porque os caras são muito vaidosos, alguns se acham intelectuais. Quando o cara é muito vaidoso, o melhor método é pagar uma palestra com 100, 200 ou 300 mil reais, e ainda faz o cara se convencer de que é por sua cultura jurídica. Ou fazemos seminários internacionais com grandes jornais e revistas comentando e fotografando – aí eles piram. Nesse meio, você tem que saber comprar a vaidade dos caras, fazer com que se sintam mais importantes do que são. Ou então compramos diretamente a sentença.

Você pergunta o preço da sentença e paga, assim, na cara de pau?

“Como você acha que funciona?”, retruca Sérgio, sempre se divertindo muito por estar dando aulas de sociologia prática da vida real.

Vou lhe contar um caso que vai fazer você entender como tudo funciona. O João queria abrir uma casa noturna em Florianópolis, só para se divertir. O diabo é que encasquetou de construir a boate num lugar que era área de proteção ambiental, o MP [Ministério Público] local encrencou e a história virou uma pendenga judicial. Aí tive que ir lá para acertar com o juiz. Quando deixei tudo combinado, o João mandou uma loura – que foi favorita dele durante um tempo e depois passou a trabalhar com a gente, dessas muito bonitas e de 1,80 de altura, como só tem no Sul – levar, numa bolsa grande dessas de marca, um milhão de reais, misturando reais e dólares.

A ordem do João foi mais ou menos assim: “Põe aquele vestido vermelho justinho da Armani que te dei, entrega a mala e faz o juiz feliz.” O fulano passou um fim de semana com a loura, ficou com o dinheiro e a mala, e o João construiu a boate bem onde queria. É assim que funciona com o Judiciário.

Mas não foi uma experiência agradável, vou confessar, já que a moça foi humilhada de um modo meio violento. Fomos ela e eu levar a mala com dinheiro vivo para o juiz. Começamos a discutir o modus operandi jurídico do caso com o juiz e mais dois auxiliares na própria sala do juiz, depois do expediente.

Betina, era assim que a moça se chamava, era estudante de Direito e de vez em quando arriscava um palpite sobre o caso. A certa altura, o juiz se irritou e disse que ela não era advogada, mas puta, e estava ali para outro serviço. Na mesma hora, botou o pau para fora, na minha presença e de outros dois, e mandou a moça chupar.

Depois mandou que fizesse o mesmo com os dois funcionários. Em seguida entra um terceiro assistente, todos obviamente de confiança do juiz e de sua equipe “privada”. Ao ver a moça ainda de joelhos e já com o belo vestido meio rasgado, lança um olhar entre divertido e intrigado à cena, e então o juiz o interpela: “Quer também?” Ato contínuo, a moça cumpre pela quarta vez o mesmo ritual. Esse pessoal adora um abuso, quase tanto quanto dinheiro.

As mulheres sempre participam desse jogo?

Nem todo mundo gosta de misturar putaria e trabalho, mas se você for carente e cair nessa, está fodido. Aí fica na mão mesmo. E o diabo é que o que mais existe é gente carente afetivamente, que sem perceber cai nessa armadilha. Eu, por exemplo, não participo. Como tenho mulher parceira, não tenho este tipo de carência. Não digo que não tenha participado uma vez ou outra, nesses quase 20 anos em que trabalho aqui, mas não é a minha praia.

Mas tem muitos que gostam. Os estrangeiros, por exemplo, adoram. Passei um ano em Londres trabalhando como estagiário na área jurídica do mercado financeiro e lá a putaria é mais pesada. Onde tem muito dinheiro tem muita putaria. Pesada mesmo, todo tipo de coisa que você for capaz de imaginar. Tipo alugar castelo do século XVII para um fim de semana com muita droga e muita festa para todo tipo de gosto.

Afinal, todas as máfias do mundo estão por lá, russos, árabes, africanos, brasileiros. Londres é uma grande lavanderia atrás da fachada da realeza. Comparados com eles, somos amadores. Mas o João sabe fazer esse jogo, não é nenhum amador. Por exemplo, para funcionar, não pode parecer putaria barata, e o João é um gênio nesse jogo.

Outro dia tivemos um cara, um norueguês, da companhia de petróleo deles. O cara sabe tudo de prospecção de petróleo. O João se encarregou pessoalmente de armar a festa. Ele tem uma ilha em Angra só para isso, com heliporto e um iate lindo. Tudo encoberto pela mata atlântica, privacidade total. É um fim de semana de sonho.

A gente tem de 15 a 20 mulheres lindas, que podemos chamar a qualquer hora, algumas ganham presentes caros todos os meses, outras a gente paga mesmo, e nenhuma delas você diria que é puta. São lindas, elegantes, sabem conversar, usam roupas caras, se comportam e não destoam em nenhum ambiente. Algumas você deve conhecer, aparecem na internet, mas isso eu não posso contar. O norueguês, por exemplo, ficou tão louco que queria levar uma delas para a Noruega.

O João aproveita e chama ainda um juiz, um político, um amigo do mercado ou um procurador mais chegado, chama também alguns daqui do banco mesmo, que sabem criar o ambiente mais relaxado e agradável possível, tudo para criar um clima de festa normal. O segredo é forjar “amizades”. Às vezes montamos negócios inteiros com todos os interessados participando, mas sem parecer negócio, como se fossem amigos se divertindo.

Você tem que saber misturar e montar para parecer diversão entre os “parça”, entende? Lá as meninas sabem fazer o trabalho do melhor modo possível. Tudo parece a coisa mais natural do mundo, como uma festa normal e animada entre conhecidos. Nisso de criar uma relação de confiança, o João é impagável. Eu só faço o meio de campo. O astro é ele.

E cabe a você comprar as pessoas para os negócios andarem?

Quem existe neste mundo que não é comprado de alguma forma? Comprar alguém bem comprado não envolve só dinheiro. Você tem que comprar uma relação de confiança. Sem isso, todo o dinheiro do mundo não conta. E isso é um talento.

João costuma dizer que quem manda no Brasil, a elite, não soma mais do que 800 pessoas, e que ele e eu conhecemos cada uma delas. Dessas 800 pessoas, 600 estão em São Paulo, 100 em Brasília e 100 no resto do Brasil. Temos uma relação excelente com boa parte desse pessoal, e diria que, com pelo menos umas 100 dessas 800 pessoas, temos uma relação de confiança construída ao longo dos anos.

Um banco, como qualquer empresa, vive de oportunidades de negócios que a conjuntura econômica e política cria. Se você é realmente um bom empresário, não pode ficar apenas esperando que a oportunidade surja com a conjuntura, pois aí vai ter muitos rivais e concorrentes.

Um bom empresário ou banqueiro é o que percebe a oportunidade quando ela aparece. Mas se você é muito bom, melhor que os outros, como no caso do João, então você tem que fazer com que a oportunidade aconteça só para você ou que você possa aproveitá-la antes dos outros.

Este é o segredo do nosso negócio. Se deixa passar uma janela de oportunidade, você não é bom no que faz. Mas nós somos muito bons no que fazemos. Nós criamos a oportunidade de tal modo que ela caia no nosso colo. Para isso servem as relações de confiança cultivadas ao longo dos anos.
submitted by cidopina to brasil [link] [comments]


2020.10.26 20:51 WorkerCurrent Fui babaca??

Oi pessoal quero saber opinião de vocês sobre a seguinte situação bom Conheci um menino ano passado na qual eu fiquei perdidamente apaixonada começamos a conversar conversa vai conversa vem acabamos ficando(sou evangélica e hj sei que errei muito nessa parte e me arrependo até hj) isso durou bastante tempo cerca de um ano Mesmo ele sendo totalmente babaca comigo Eu ainda fiquei com ele só que do nada ele começou a ficar estranho, nos crentes temos um evento chamado Retiro no qual nos retiramos da nossa cidade para ficar longe do carnaval Então nesse Retiro Ele apareceu com outra sendo que nem tinha me falado nada sobre a gente na minha mente a gente ainda estava junto mesmo nunca estando juntos então ele apareceu com essa menina e eu fiquei desnorteada nunca me senti tão ruim a minha vida( uma parte que eu esqueci de contar na primeira vez que ficamos ele tinha dito para um amigo dele que só me pegou e não queria mais nada mesmo depois disso tudo eu ainda fiquei com ele várias e várias vezes) depois do Retiro ele me bloqueou até no pensamento e ficou dias sem falar comigo e depois voltou como se nada tivesse acontecido E eu simplesmente aceitei viramos amigos porém a nossa amizade era muito forte e eu acho que ele percebeu isso e isso está me atrapalhando relacionamento dele( sim os dois namoram e hoje em dia tem seis meses de namoro) então ele simplesmente me bloqueou de novo me deixando desnorteada mais uma vez e depois vem me pedir desculpas e eu aceitei segui minha vida normalmente porém entrou outra pessoa nessa história, mesmo em tudo isso era nos do mesmo ministério só que em igrejas diferentes mas Deus tocou meu coração para ir para mesma igreja dele não por causa dele nem nada mas porque lá estava precisando de gente então eu fui no fundo no fundo sabendo que enfrentar poucas e boas naquele lugar mas nunca renegando O Chamado de Deus quando cheguei lá tinha uma menina que parecia ser muito legal Vamos chamar ela de Ana eu sempre tinha achado ela bem legal porque sempre tive contato com as pessoas da igreja dele por por sermos do mesmo ministério e ela parecia alguém com quem eu queria ter uma amizade então começamos uma amizade ( ressaltando que a nossa primeira conversa foi sobre ele) e na nossa amizade a nossa principal conversa era sobre ele e a namorada dele ( sinceramente acho que nunca falei mal deles, para mim falar mal é tipo" a fulana é falsa ou a Fulano toca mal canta mal" conversávamos sim sobre eles porém nunca falei mal) o que eu disse que a gente conversava era tipo " não concordo com esse relacionamento" porém eu tenho uma pessoa que eu considero minha mãe e consequentemente essa amiga minha que eu considero mãe é muito amiga dele e ele contou para ela que a Ana falou para ele que eu estava falando mal dele para ela me chamou de falsa e disse que não me aguentava mais ouviu falar dele sendo que quem começava os assuntos era ela ( não querendo tirar meu copo fora da situação mas era ela mesmo) depois que eu fiquei sabendo disso fiquei arrasada Eu devia ter percebido porque ela sempre contava os segredos dele para mim quem diria que ela contou os meus para ele conversei com ela sendo bastante madura e dizendo que não confiava nela que ela demonstrou ser uma pessoa horrível não falei nada do que ela merecia por mais que ela merecesse um tapa no meio da fuça dela então ficou um clima bem chato na igreja ( Eu imagino que ela tenha feito isso porque gosta dele e queria ver eu bem longe dele caso ele termine com a namorada ela teria mais chances Esse é meu ponto de ver) então eu resolvi pedir desculpa por ter falado dele ( eu pedi desculpa por ter falado dele não falado do mal dele) então ele foi seco e disse que me desculpava( sinceramente depois de tudo que ele fez era um mínimo para eu fazer era meu mecanismo de defesa Mesmo não tendo falado mal dele era o mínimo que eu podia ter feito mas foi maduro suficiente para pedir desculpa por ter falado dele e eu sei que diante o meu Deus eu não tenho mais culpa) bom achei que estava tudo resolvido só que ele mandou mensagem falando para minha amiga que eu deveria pedir desculpa para a namorada dele sinceramente achei uma afronta eu pedi desculpa para ele para as coisas se resolverem porque estamos no mesmo ministério e eu não queria que ficasse clima chato pois temos que trabalhar juntos e ele vem com essa de tem que pedir desculpa para namorada dele sinceramente uma babaquice as minhas amigas querem porque querem juntar eu a Ana e ele para conversar mas sinceramente cansei dessa história dei importância demais para isso já cansei de ele ser babaca comigo Na minha opinião não precisava ter pedir desculpa para ele mas meu senso falou mais alto porque um erro não justifica o outro mas não quero mais saber nada dessa história quero colocar um ponto final( ele colocou na cabeça dele e cismou que eu realmente falei mal dele porém não falei eu falei dele porém não falei mal e e ele disse que eu sou mentirosa pois eu disse para as minhas amigas que não tinha falado mal sinceramente o que mais me deixou irritada foi isso podem duvidar o que for de mim mas não duvide da minha amizade com as minhas amigas principalmente com elas eu não aceito isso ele não procurou saber o meu lado da história e tomou sua decisão em acreditar que eu realmente falei mal dele não vou me esforçar para fazer ele mudar de ideia estou cansada de toda essa situação só quero que tudo pare)estou passando por um momento difícil na minha vida e não tenho tenho pra infantilidade
Fui babaca? Não fui babaca? Não existem babacas? Todo mundo foi babaca? Info?
submitted by WorkerCurrent to EuSouOBabaca [link] [comments]


2020.10.07 06:01 contadescartavel12 vale a pena?

[aviso de textão]
Primeiramente boa noite a todos que se dispuseram a ler. Prazer, sou um rapaz de 20 anos que já perdeu o amor na vida a muito tempo.
Talvez eu tenha depressão desde os 13 anos ou antes, depois de tanto tempo já deixei de sentir tristeza profunda, agora todos os meus dias são só vazios e sem esperança. Durante a minha adolescência o que me mantinha de pé era me embriagar até desmaiar e um tempo mais tarde foi os alucinógenos que me davam alguma alegria, nunca fui viciado em nada disso, mas nunca fiz um uso consciente tanto do álcool quanto do LSD. A única certeza que eu tinha é que eu tinha que morrer antes dos 18, fui fraco, não foi por medo nem nada, eu sou ateu desde que me entendo por gente então a única coisa que eu tenho certeza na vida é que o suicídio é a porta de saída de toda essa merda, porém não o fiz, ainda não entendi o motivo disso.
Não sei como nem o porquê deixei eu chegar nesse estado em que me encontro, hoje me sinto mais sozinho que nunca, não existe ninguém nesse mundo em quem eu possa me apoiar, dai vem o questionamento do título: vale a pena viver uma vida sem esperança, sonhos e alegria?
Sobre família:
Durante muito tempo senti muito ódio dos meus pais e parentes, odeio eles com todas as minhas forças, mas hoje é mais um sentimento de desprezo. Meu pai foi ausente toda a minha vida, ele aparecia uma vez por semana completamente por obrigação social e para mostrar pros outros que ele ainda tinha o mínimo de ombridade, então ele sempre foi um nada pra mim. Minha mãe me teve de uma gravidez acidental e imagino eu ela tem na cabeça dela que eu tirei os anos de ouro da vida dela, então ela me odeia e o sentimento é recíproco. Nunca houve nada muito grave para odiar eles, mas mesmo assim tenho meus motivos e acho que não cabe aqui me apegar a muitos detalhes.
Sobre amigos:
Durante a escola eu sempre fui muito comunicativo com as pessoas, pelo menos na minha visão acredito que se perguntarem para qualquer colega das escolas que estudei vão falar que sou uma pessoa muito engraçada e legal de conversar, mesmo sendo essa pessoa agradável acho que posso ser considerado o "invisível". Eu acredito piamente que as pessoas gostavam de mim, mas ninguém lembrava de mim, sempre me convidavam por dó para fazer as coisas ou sair com os outros, nunca fiz parte de um grupo, sempre fui o excluído mesmo quanto tentava me enturmar mais. Eu podia conversar todo dia o dia todo com a pessoa e mesmo assim fora da escola eu nunca era mais que um colega. Hoje posso dizer que me restaram 2 "colegas" que não posso afirmar que continuaram a lembrarem de mim por muito tempo.
Sobre relacionamentos:
Já adianto que não estou nem perto do padrão de beleza, sou só uma pessoa nada demais. Nunca namorei nem mesmo fiquei serio com alguém, já fiquei com algumas meninas mas na muito além disso. Talvez eu possa ser considerado demissexual, mas não tenho certeza disso, por não me interessar por sexo e buscar a mulher certa para amar e ser amado, sempre fui chamado de "viado", o que fez um estrago muito grande na minha cabeça e na época me fazia perder completamente minha autoestima.
Nessa época no meio de tudo isso passando pela minha cabeça fui usado por uma menina que queria fazer vingança pro ex namorado dela que era um dos meus melhores amigos (só pra esclarecer, ela armou tudo, esperou eu ter bebido uma garrafa toda de destilado para poder ficar comigo e ter alguma prova pra esfregar na cara do ex dela. Ela fez isso com pelo menos mais 3 pessoas.). O resultado disso foi eu recebendo chantagem psicológica por alguns meses enquanto eu tinha que abaixar a cabeça pra essa pessoa. Isso mexeu muito comigo na época, eu sentia muita culpa e nojo de mim mesmo.
No mesmo ano que isso aconteceu eu me apaixonei por uma colega de classe do cursinho, ela me tirou completamente do fundo do posso que eu estava. Nós andávamos juntos o tempo todo, almoçamos juntos, assistíamos aulas juntos, enfim, eramos muito ligados. Chegou um ponto que todo dia vinha alguém perguntar pra mim se a gente estava namorando, eu não tinha nem ficado com ela, estava criando coragem e estava conseguindo superar os traumas do passado para pedir pra ficar com ela. Bom, depois de uma sexta-feira em que foi o dia perfeito de nós dois juntos decidi que segunda sem falta iria tomar coragem e pedir para ficar com ela. No grande dia, ela chaga na sala de aula, dou bom dia e ela senta bem longe de mim, depois desse dia nunca mais ouvi a voz dela. Toda vez que me aproximava ela fingia mexer no celular, se eu perguntava alguma coisa ela fingia que não ouvia, me senti mais uma vez um invisível. Imagine uma pessoa que você gosta e considera muito de um dia para o outro começar a te ignorar, chegou ao ponto de eu sentar na frente dela e dizer exatamente essas palavras "[nome], eu te fiz alguma coisa? Você tá estranha comigo esses dias, eu não sei se eu te chateei com alguma coisa, mas me desculpa do fundo do coração, conversa comigo o que aconteceu que eu prometo que vou consertar." bom ela só abaixou a cabeça e fingiu mexer no celular bloqueado enquanto eu falava e dizia que tava tudo normal e que ela não sabia do que eu tava falando.
Depois disso a vida voltou a não ter brilho de novo, fiquei os últimos meses do cursinho sentado no meu canto sem falar praticamente com ninguém,esse ano passei numa faculdade que vou ter que dar o que não tenho por 6 anos para me formar. Agora só preciso esperar a pandemia acabar para começar a faculdade, ou seja estou a quase um ano dentro de casa esperando e pensando muito sobre a vida... eu sei que tem gente com muito mais problema que eu, mas eu cheguei a conclusão que não vale mais a pena... acho que meu eu de 5 anos a traz tinha toda a razão...
submitted by contadescartavel12 to desabafos [link] [comments]


2020.10.01 03:17 droidtex Leitura da Enciclopédia - Matérias hora H

Aproveitando a reta final do PH - Caso Evandro, eu me propus a estudar mais os detalhes do caso pela primeira vez na Enciclopédia. Alías, recomendo a todos que façam o mesmo! O trabalho do Ivan e sua equipe é excelente, e ajuda muito em meio a tanta informação que recebemos em áudio. Li todos os resumos, passei por cima de alguns anexos, principalmente as matérias no hora H. Algumas coisas me chamaram a atenção e gostaria de compartilhar:
- Sensacionalismo - As matérias foram importantíssimas para dar a versão dos acusados numa época em que eles eram tratados como "satanistas", mas também possuem um teor sensacionalista e irresponsável sobre o caso. Ver o Diógenes na capa com o título "caçador de bruxas" é um exemplo disso.
- Leandro Bossi e Aramis - Não lembro se o Ivan falou sobre isso ou se vai falar no futuro, mas segundo João Bossi, 5 crianças haviam sumido no dia do show do Moraes Moreira. Leandro desapareceu, mas as outras 4 voltaram para a casa de madrugada, entre elas Aramis, filho de um casal conhecido de João. A equipe do jornal vai até a casa de Aramis para entender o que aconteceu durante o sumiço, mas o pai da criança nega e fala que ela nunca desapareceu. Thiago, irmão de Aramis aparece na janela então e logo desmente o pai: "Meu irmão sumiu sim, mas minha mãe não gosta que a gente fale sobre isso".
- Leandro Bossi e Diógenes - Em um dos julgamentos, Diógenes se coloca como testemunha do desaparecimento de Leandro Bossi, inclusive afirmando ter reconhecido como um 7 dos acusados. Na matéria, no entanto, quando o repórter pergunta "Como você sabe o que foi feito com leandro?" ele não se coloca como testemunha, apenas afirma que o repórter Gladimir Nascimento recebera a confissão.
- Walmir Battú Walmir era detetive da Bureau Internacional de Busca a Crianças desaparecidas. Tem uma entrevista em que ele acusa , sem dar qualquer prova, João Bossi de ter dado a própria criança e ainda ter vestido o corpo da menina encontrada com as roupas do filho. Pessoalmente achei esse Walmir outro irresponsável que queria se promover com o caso.
- Diógenes e Euclídio
Uma testemunha chamada Euclídio Soares dos Reis afirmou ter visto Diógenes jogar o corpo de uma criança no mato em Guaratuba. Ele afirmou que viu Diógens fazer isso junto com um tal de Paulinho Nogueira. Euclídio fez essa declaração em 1995, 3 anos depois do crime. Com a guerra jurídica que acompanhamos, e considerando as ameaças que foram feitas ao Edésio, eu não daria tanta credibilidade a esse relato. Mas estou muito curioso para saber como e se isso será tratado na parte final do podcast.
submitted by droidtex to ProjetoHumanos [link] [comments]


2020.09.29 16:21 Vedovati_Pisos Novas tendências de exercícios invadem as academias

A Zumba inspirada em ritmos latinos como salsa, merengue, mambo e lambada promete queimar até mil calorias em uma aula. A modalidade criada pelo colombiano Beto Perez, tem um publico que não procura apenas o cuidado estético e com a saúde, mas que quer se divertir. A quantidade de praticantes só aumenta. São mais de 15 milhões de adeptos em 180 países. A Zumba se adapta e traz novidades para continuar atraindo o público no mercado.
Apesar de não substituir, é uma opção para quem não consegue se dedicar à musculação. “A maioria procura porque não tem paciência, porque não gosta, porque é parado, porque não gosta de ficar puxando ferro. Acho a musculação muito importante, mas defendo que a pessoa tem que fazer o que ela gosta”, disse a instrutora de Zumba Greici Silveira Rosa e proprietária de um estúdio feminino.
As aulas são predominadas pelos ritmos latinos internacionais. Outros estilos podem ser mesclados, como o axé, mas sem perder a essência internacional. Dentro da Zumba existem outras dez opções de aulas personalizadas que podem ser feitas com equipamentos e até dentro da água. Alguns estúdios já oferecem a modalidade especialmente para crianças e idosos.
No estúdio, a iluminação principal é apagada e são jogadas luzes coloridas para deixar o ambiente com cara de uma festa. A base é a diversão e o aluno não precisa se preocupar em dançar corretamente. O emagrecimento acaba sendo uma consequência da atividade. “Eu acredito que está no auge de público. Sempre surgem novas modalidades, mas com essa alegria e o clima de festa, só a Zumba proporciona”, disse Greice.
Para motivar as alunas de Greici, foi criado um grupo no Whatsapp, em que as mulheres compartilham as dietas que funcionaram com cada uma e contam cada quilo que perdem. A turma troca informações e mostra o que estão comendo. A instrutora passa algumas dicas, mas enfatiza que não prescreve dietas, pois cada uma deve seguir uma dieta feita por um nutricionista para adaptar ao seu organismo e objetivos. “Toda história que elas contam, a superação delas, a vontade é o que me faz bem”, contou Greici.
Superação e foco na balança
A professora de Educação Infantil, Juliana Rodrigues Gonzales, conheceu a modalidade há um ano por indicação de uma amiga e nesse período perdeu 15 quilos. Antes de se mudar para Joinville já tentou fazer caminhadas e musculação algumas vezes, mas não conseguia continuar. “Nunca persistia muito tempo, não era algo que eu gostava. Eu gostava muito de dançar, mas não achava nada que se encaixasse. Quando uma amiga indicou e apresentou a Zumba, que eu ainda não conhecia, eu amei. Desde quando comecei a primeira aula eu não parei mais”, contou Juliana. Também começou a praticar Zumba Toning, que utiliza Toning Sticks, halteres da própria marca Zumba. Nas coreografias, os movimentos são mais localizados para promover a tonificação muscular.
A alimentação de Juliana foi mudando gradativamente. Há seis meses não come mais frituras e não perde o foco nem nos finais de semana. “A própria alimentação você vai se adequando, se acostumando. No começo é bem difícil, nos primeiros vinte dias é bem sacrificante”, comentou. Aos poucos foi cortando alguns itens e substituindo por outros mais saudáveis. Quando sai com o marido, ele fica até preocupado de comer algo diferente dela achando que isso vai desestimulá-la. “Mas já estou acostumada, para mim não é mais algo que me faz falta.”, completou a professora.
Quem convive com Juliana e seus parentes, notaram diferença nela não apenas pelo emagrecimento. No final do ano, viajou para o Mato Grosso do Sul e seus familiares perceberam melhoras na postura, na maneira de andar, na coordenação, no estilo de vida e que estava comendo melhor.

Novas modalidades ganham espaço no mercado e conquistam o público
Ao pisar dentro da academia, o praticante é recepcionado com um aviso estampado no tapete: “Ao entrar esteja disposto a dar o máximo em todos os treinos”. É nesse clima que a aula de Crossfit começa preparando os praticantes para o WOD, Workout of the Day (treino do dia).
O Crossfit surgiu nos Estados Unidos e está ganhando espaço dentro das academias. A modalidade trabalha com movimentos variados de alta intensidade e funcionais, principalmente da ginástica, corrida e remo. Os materiais utilizados são diversificados como cordas, barras, anilhas, canos de PVC e podem ser adaptados para movimentos do cotidiano. A aula tem duração de uma hora, sendo que até 20 minutos são reservados para o momento de mais intensidade do treino.
A modalidade trabalha a resistência cardiovascular e respiratória, resistência muscular, força, flexibilidade, potência, velocidade, coordenação, agilidade, equilíbrio e precisão. Na musculação o trabalho é mais focado para partes mais específicas do corpo.
Segundo a instrutora e proprietária do Crossfit Joinville, Carla de Oliveira Martins, os mais jovens são o publico que mais procuram, já que a atividade é uma nova tendência, mas qualquer pessoa, independente da idade, pode praticar. A busca também é pela perda de peso. “A maioria quer emagrecer. O que o Crossfit faz é aumentar a qualidade de massa muscular, e aí, com o aumento dessa massa, a gente consegue ter uma grande perda de peso, de massa gorda e acelera bastante o metabolismo.”, explicou Carla.
Alguns alunos relatam que com um mês já conseguem perceber diferença na sua disposição física. Na modalidade, não há níveis separando os atletas, os mais novos treinam junto com os alunos mais experientes. “E é até ideal fazer isso para incentivar o aluno novo. O Crossfit é isso, poder integrar vários tipos de pessoas, de diferentes condicionamentos e idade”, contou Carla.
Os instrutores são treinados por profissionais americanos da própria marca Crossfit. Quando a equipe vem ao Brasil, oferecem treinamentos e provas para formar profissionais habilitados que vão trabalhar com a modalidade no país.
Durante a aula, a instrutora auxilia os alunos em como adaptar um movimento ensinado no treino para alguma atividade do dia a dia. Os exercícios podem ser feitos até em casa. “Tem alunos que treinam na praia e nos mandam o resultado para colocarmos no nosso quadro.”
Ladies Camp: Treinamento de guerra
Outra alternativa de treino funcional é o Ladies Camp. Oferecida exclusivamente pela academia Team Nogueira, a modalidade foi desenvolvida para o público feminino e é baseada em técnicas de circuito e movimentos funcionais do treinamento militar americano.
As atividades não envolvem o contato físico, o que evita lesões causadas e também incentiva a atividade em grupo. A filial joinvilense está há dois anos na cidade e encontra dificuldades para contratar profissionais que tenham um conceito diferente de treino, que quer ensinar valores de caráter e respeito com os adversários junto com o desenvolvimento das habilidades físicas, por isso investe trazendo profissionais do Rio de Janeiro e em formar novos instrutores. Segundo o diretor de marketing Diego Barbosa de Oliveira, o Ladies Camp é uma atividade que promove a amizade, o companheirismo e o trabalho em equipe. “É totalmente motivacional. Uma menina que está vendo outra fazer o exercício fica a motivando. É um trabalho de superação.”, disse Diego.
No fun, no gain!
Há modalidades que viram febre e conseguem manter um público ativo mesmo com o surgimento de novas opções no mercado. Atividades que usam a diversão como base do exercício físico, fugindo do tradicional “no pain, no gain” das academias de musculação. Como é o caso da RPM, da Nova Zelândia, Les Mills, uma atividade realizada em bicicletas que melhora o condicionamento cardiovascular. Uma aula de 45min queima até 900 kcal e pode ser feita quantas vezes na semana que o aluno preferir.
A RPM presente desde a abertura da The Best Academy no Shopping Mueller continua sendo a aula coletiva mais procurada, mesmo depois de 20 anos. É o treino que tem a maior queima calórica oferecida pela academia. De acordo com o coordenador do centro, Patrich Souza, tanto mulheres quanto homens podem praticar e é recomendada até por médicos.
Outras das modalidades muito procuradas também proporcionam grande gasto calórico. Dentro elas estão o Power Jump, Kangoo Jumps, TRX e Body Pump com queima de até 800 kcal por aula.
Patrich afirma que a procura pela musculação é maior quando a temperatura começa subir e as pessoas começam a utilizar menos roupas e se incomodar com detalhes do corpo. Mas, Segundo o coordenador, a concepção de academia está mudando tanto por indicação médica como por ser um assunto cada vez mais falado e divulgado. “Com a modernidade, nós acabamos ficando intactos. O trabalho é mais parado, mais sentado. Cada vez mais, estamos nos movimentando menos. A comodidade está aí, mas, em contrapartida, acaba gerando muitos problemas.”, explicou Patrich.
Os melhores pisos para a sua academia estão aqui!
Nossos pisos para academias trazem beleza, resistência, praticidade e economia. É tudo o que você precisa para a sua academia !

https://www.vedovatipisos.com.bnoticias-artigos/novas-tendencias-de-exercicios-invadem-as-academias/
submitted by Vedovati_Pisos to u/Vedovati_Pisos [link] [comments]


2020.09.27 04:36 Spare-Wrongdoer-6790 Minha vida

Sou um cara que tenho 20 anos de idade tenho uma mulher e uma filha de 2 anos , quando tinha 12 anos eu comecei a gosta de usa calcinha dá minha irmã, nisso começou tudo comecei usa todos dias calcinha eu amava usa nossa como era muito bom se senti tão bem do que vc gosta de fazer , nisso fui ajuda meu vizinho e ele viu eu usando calcinha e foi pergunta pra mim pq eu estava usando calcinha peguei falei que gostava de usa aí nisso ele pediu pra olha aí eu deixa ele olha pediu se podia trisca na minha bunda eu falei que sim com maio vergonha aí ele pegou nossa essa calcinha fio dental preta em vc caiu muito bem aí ele pergunto pq vc usa ela falei q amava usa calcinha aí ele pergunto você é gay eu falei sou os dois gosto da duas fruta mais ante de tudo prefiro usá calcinha do que cueca , aí nos conversando e tal eu peguei falei vc gosto de verdade ver eu de calcinha aí ele respondeu sim eu não tenho nenhum preconceito com ninguém todos tem que se feliz do jeito que a pessoas que. Aí fiquei na loja pra fecha quando ele foi pra casa toma banho aí fui fechei pra pode i pra casa tinha que passa pó dentro da casa dele aí quando passei eu vir ele no quarto colocando a cueca aí ele ne viu eu olhando pra ele , ai ele perguntou vc gostou ai eu sim posso ver de perto aí falou que sim nisso fui peguei aí foi tudo que começou peguei fui de boca , aí ele perguntou se eu era virgem falei q sim aí ele pegou me colocou de quatro e pós nossa na hora nem senti a dor de tanto tesão que tava loko pra senti uma rola em mim nossa que sensação ótima na hora ficamos quais uma hora até q ele perguntou posso goza no seu cuzinho falei q sim tava tão feliz que ele deixo eu todo molhando de porra aí ficamos quais sete anos até que eu me mudei , nisso achei uma menina pra namora aí nisso falei que amava usa calcinha e tal , ela pegou e falou olha eu te amo mais não aceito vc de calcinha aí nisso eu muito paixonado por ela nem fiz questão dá calcinha mais passo três anos agora vejo ela de calcinha já tá vontade de usa elas as calcinha dá minha mulher aí não sei o que faço tô muito confuso quero fica com ela mais usa calcinha tbm sabe quero ajuda
submitted by Spare-Wrongdoer-6790 to desabafos [link] [comments]


2020.09.22 19:39 zerasoviet Como se preparar para uma conversa que vai pôr fim a um relacionamento que você quer manter?

Ontem eu havia feito um relato aqui sobre um relacionamento que eu tô tendo com uma menina que, apesar de dizer que me ama e ter dito que me quer por perto, acha que só gosta de meninas (pra deixar claro, eu sou um cara). O fato é que eu amo muito ela, como nunca havia amado alguém antes; uma das pessoas mais incríveis que já conheci. Ela tá passando por um processo de confusão e crise por ter que repensar sua sexualidade, mas percebo que as coisas tão se encaminhando para ela compreender que é lésbica e não bi (Ou temporariamente lésbica, explico mais pra frente). O que acontece é que hoje ela disse que a gente precisa conversar, e eu tenho certeza que é pra gente terminar.
Cara, eu imagino como deve ser fudido perceber que sua sexualidade não tá resolvida. Na verdade, nunca tá, né? A gente pode sempre se surpreender. Mas enfim, esses momentos de crise são fodas, e consigo ver que não tá sendo fácil pra ela. Mas algumas coisas me deixam encabulado, talvez pelo fato da gente aprender a conceber as relações pelo filtro do machismo e, consequentemente, não saber lidar direito com a rejeição. Vamos ao ponto, na primeira vez que ela disse que talvez só goste de meninas - que, por sinal, foi há dois dias - ela também me disse que eu não sou o primeiro cara com quem ela passou por isso, e que quando tá com meninos sente falta de meninas e vice-versa. Mas o que fode minha cabeça nisso tudo é que ela já namorou por muito tempo, mais de um ano, com homens, e pelo que sei não teve nesses relacionamentos duradouros a crise da sexualidade; O que me faz pensar: será que ela realmente gosta de mim? Tipo, se fosse um amor de verdade, a sexualidade não seria um coisa tão grande assim, mas posso estar totalmente enganado. Aí surgem aquelas inseguranças de que eu não sou bom o suficiente, de que se eu tivesse feito algo diferente (não sei o quê) não estaríamos nessa situação; como se a cada passo que eu dou perco ela mais e mais, a gente começa a rever e a duvidar de tudo em nós e na nossa capacidade de amar e se fazer amado.
Enfim, ela vem em casa hoje ou amanhã para a gente conversar. E enquanto aguardo minha ansiedade parece que vai me matar. Eu tô fazendo o exercício de me preparar para o pior e entender que esse é o fim de um ciclo na minha vida, mas lá no fundo tem aquela parte da gente que acredita ilusoriamente que tudo vai dar certo, eu queria poder matar essa parte. É triste, a sensação de incapacidade e o vazio que eu tô sentindo é muito grande, tô perdendo a pessoa que mais amei na vida e não posso fazer nada, só sei chorar. Muita confusão e ideia errada na minha cabeça, por mais que eu pense racionalmente que essas coisas tão fora do nosso controle, não consigo entender certas coisas. Até então nosso relacionamento tava ótimo em todos os sentidos (ele só durou 6 meses), e há dois dias ela me fala isso, sem ter dado nenhuma pista antes. Eu sei que essas coisas não vêm do nada na gente, mas ela fez parecer pra mim que sim, como se tivesse tentado manter isso escondido nela. O que me deixa mais frustado e triste ainda, porque ela escondeu de mim que não tava sendo feliz e me fez acreditar que sim.
Dado tudo o que falei acho que não tem uma resposta pra essa pergunta do título, só me resta aguardar. Mas colocar esses pensamentos pra fora já ajuda a gente e muito. Quero aproveitar pra dizer que vocês dessa comunidade São incríveis, uma rede de pessoas se ajudando de uma forma muito linda. É isso, perdão se o desabafo foi prolixo e insosso. Mas lembremos a importância de passar pelo luto e que na vida nada é pra sempre, que as coisas sempre passa e recomeçar é nossa forma de estar no mundo.
Beijos e abraços!
submitted by zerasoviet to desabafos [link] [comments]


2020.09.22 00:15 zerasoviet Ela disse que me ama mas acho que só gosta estritamente de meninas

Correção do título: é "acha", e não "acho"
Olá! Essa é minha primeira vez fazendo um relato no Reddit, peço perdão se o texto ficar confuso e prolixo. Afinal a situação toda tá confusa pra mim também.
Eu estou ficando com uma moça desde março desse ano. Na verdade, quando nos conhecemos, ficamos pouco tempo juntos presencialmente, pois eu tive que ir para a casa dos meus pais no interior nesse contexto de pandemia e isolamento; já que a faculdade paralisou as atividades etc. Ficamos 5 meses afastados conversando praticamente todos os dias, e mesmo longe um do outro criamos uma conexão muito forte e eu me apaixonei completamente por ela. E o melhor de tudo nesse ponto é que foi recíproco, a primeira vez que a gente disse que se ama foi pelo whatsapp haha. Pois bem, na primeira semana de agosto eu voltei temporiamente pra cidade onde moro, exclusivamente por ela. Estávamos totalmente desolados com o fato de que provavelmente só iríamos nos ver em 2021, e sabe-se lá em qual mês. Então conversamos e planejamos minha vinda pra cá com o mínimo de riscos, pensando na redução de danos nessa furada de quarentena; eu moro só e ela mora a 10 min a pé daqui. E desde então foi tudo maravilhoso, passamos esses dois meses juntos matando toda a saudade, e nosso relacionamento estava ótimo em todos os sentidos, eu já considerava confiante que a gente tinha tacitamente começado a namorar.
No entanto, ontem meu mundo desmoronou. Já na hora de ir pra casa, pois tinha que resolver coisas do trabalho, ela disse que me ama, mas acha que gosta estritamente só de meninas. Até então ela achava que era bi, e jurava que isso tava bem resolvido nela. E o mais foda disso pra mim é que ela já namorou por mais de um ano com dois caras. E por mais que eu saiba que isso não tem a ver diretamente comigo, tendo a ficar paranóico com o fato de ter sido na minha vez que ela se tocou de que não gosta de caras. Eu cheguei a dizer isso pra ela, e o que ela respondeu foi que já falou isso pra outro cara, e que quando tá com meninos sente falta das meninas e quando tá com meninas sente falta dos meninos. Ela aparentemente tá bem confusa e frustrada com tudo isso, mas tô com muitas pulgas atrás da orelha. Tipo, como alguém pode amar você mas pelo jeito não sente atração pelo seu gênero ou meio que se cansou temporariamente do seu gênero??? Nesse mesmo dia a gente chorou, eu só consegui dizer pra ela poucas frases, que queria que ela ficasse bem e se resolvesse e que ia doer em mim pra passar mas que passaria. Tempos depois de lágrimas sem nos olharmos e tocarmos, ela veio até mim e me abraçou, a gente deitou abraçados e nos beijamos. Ela disse que não quer ficar longe de mim. Acabou dormindo aqui, dormimos abraçados e hoje de manhã eu cheguei a fazer sexo oral e ela teve um orgasmo. Mas tem uma coisa muito estranha e quebrada entre a gente agora. Eu tô totalmente confuso, sem saber o que fazer, e isso se intensifica porque ela tá me dando informações que acho serem contraditórias entre si. Me pergunto se ela diz que me ama só por dizer, sem ser de verdade. Também me pergunto se ela só me quer por perto pra servir de muleta emocional dela, ou me deixar em stand by enquanto se decide. E olha, eu consigo imaginar o quanto é difícil pra alguém passar por uma crise com sua sexualidade, mas eu não tenho condições nenhuma de ajudar ela, e nem de ser amigo dela. Eu tô quebrado e frustrado.
Provavelmente volto pro interior na semana que vem, e acredito que não vamos nos falar mais. Eu não sei se ela quer conversar comigo mais sobre isso, ela não é do tipo que se abre assim. Mas eu vou tentar uma conversa final pra gente resolver tudo isso.
Enfim, perdão pelo relato longo, mas me sinto um pouco melhor só de ter colocado isso pra fora.
submitted by zerasoviet to desabafos [link] [comments]


2020.09.18 10:52 TiaSayu Ajuda para aqueles que tem ansiedade...

Yo mina, Daijobu deska? *ೃ˚
Hoje falarei sobre um tema que me atormenta assim com muitas pessoas diariamente. Espero que esse texto ajude alguém que nessa pandemia, anda sofrendo com o dobro das reações desse distúrbio.
AVISO: Se caso você sofre com este problema e níveis descontrolados POR FAVOR, procure por profissionais para se auto-ajudar. Não tente sobre HIPÓTESE alguma tomar medicamentos por conta própria e nem usar métodos não convencionais. Sempre consulte o seu psiquiatra ou médico sobre suas dúvida, e se cuide da maneira correta.
Bilhetinho: Espero com que este texto seja fonte de muito apoio para aqueles que sofrem disto, um guia para aqueles que querem ajudar alguém que sofre. Espero que, de alguma maneira, posso ter sido útil na vida de alguém e ter alegrado o seu dia ♥
Vamos para o textinho︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶
Bom... Para aqueles que desconhecem a ansiedade é algo comum e todos estão sujeitos a senti-la. No entanto, a ansiedade é uma doença subjacente (Que não se manisfesta claramente) somente quando os sentimentos se tornam excessivos, obsessivos e interferirem na vida cotidiana da pessoa, em resumo: ''A Ansiedade é um termo geral para vários distúrbios que causam nervosismo, medo, apreensão e preocupação exagerada. ''
A ansiedade que estou citando é mais do que o comum do qual estamos habituados. Está além da empolgação de ir se apresentar em uma entrevista de emprego ou comparecer no primeiro encontro; Tal circunstância pode se agravar com traumas ou com problemas persistentes na vida de alguém, e os sintomas são duradouros e limitadores, o que atrapalham a vida desta pessoa.
Os principais sintomas que podem acontecer são:
Para ajudar ou se auto-ajudar, é necessário entender esses pontos e procurar conversar ou se entender. Procurar as fontes e raízes desta ansiedade e tentar muda-las para amenizar os efeitos. E é para isto que existem os profissionais e pessoas que podem te dar esse suporte durante uma crise.︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶ °・❀
Conselhos importantes:;
Para aqueles que querem ajudar alguém que sofre com isto, é necessário entender algumas coisas cruciais... E entender em si o que é a Ansiedade e os seus tipos.
1- A coisa mais importante é se ter PACIÊNCIA.~ A pessoa já está sofrendo com diversos pensamentos a mil por hora, mal conseguindo conter as próprias emoções e atos. Tenha cautela ao se referir e agir, qualquer erro pode dar a entender que a pessoa afetada só está incomodando e atrapalhando a vida dos outros (E vai por mim, isso vai piorar em 1000%)
Tente conversar, ajude-a se acalmar, converter os pensamentos negativos. Incentive fazer algo divertido ou diferente, algo que vá distrai-la e alegra-la. Dê amor, carinho e seja compreensivo. Evite Julgar, apontar erros e defeitos.

2- Seja compreensivo.~ Tenha em mente de que aquela pessoa que sofre de ansiedade, não tem controle sobre os próprios pensamentos e emoções. Evite fazer mistério e joguinhos de adivinhação, assim como botar medo ou pressão. Além de ser algo completamente irritante para qualquer um, para um ansioso ele ficará bem mal e aflito. Ex:;
'' Preciso te contar algo, mas só posso contar amanha'' ou ''Estamos atrasados. Se apresse!''
Faça isso e é uma noite que você rouba desta pessoa. Enquanto a você dorme tranquila, o ansioso fica acordado, pensando em tudo que é possível e o impossível para adivinhar o tema do assunto ou se cobrando por ter feito melhor.Então por favor, não faça estas brincadeiras de mal gosto, prometendo e adiando coisas, isso faz um mal que só o ansioso entende.Entenda que nossa cabeça funciona a mil por hora, diferente das demais pessoas:Ex:;
Pessoa normal: ''Ata certo, tenho que fazer isto e pronto..''
Ansioso: Tá eu tenho que fazer isso... Perai, será que eu desliguei o gás? ESSA NÃO, SE A CASA EXPLODIR VAI SER MINHA CULPA, PESSOAS VÃO MORRER E A CULPA SERÁ MINHA. Mas.... Será que eu tranquei a porta?... E SE ALGUÉM INVADIR MINHA CASA E FAZER TAL COISA.
(Vai por mim, isso não vai acabar tão cedo. Então por favor, tenha consciência)

3- NUNCA, SOBRE HIPÓTESE NENHUMA, JULGUE. EVITE TOTALMENTE DAR TRANCOS: Como dito, a sensação de estar incomodando é constante. Pensamos que a pessoa nos abandonará, ou que estamos fazendo mal a ela ou atrapalhando a vida dela, nos sentimos inferiores e sempre estamos nos menosprezando. Há casos que até mesmo, o ansioso termina um relacionamento bacana apenas por pensar que ele é incapaz, que o seu conjunge não o(a) suporta e nem gosta dele(a).
E realmente, há pessoas que julgam.Falam que somos muito complicados, que estamos fazendo drama ou teatro, nos evitam para não ter alguém ''enchendo o saco'', e que nos afastamos por ser pessoas ''falsas''. Houve até comentários na minha vida, de pessoas aconselharem a opção de término de um namoro, pois deduziam que a menina estava distante, que ela estava traindo e estava sendo seca de proposito.
NÃO! Nos isolamos e nos afastamos por achar exatamente que estamos fazendo algum tipo de male. Jamais julgue ou se deixe elevar por opiniões alheias. Tente conversar e entender, não vá se precipitando. No final, se caso isso tenha força, só sofreremos ainda mais.
4- Ouça mais e seja sincero: Se a pessoa finalmente conseguir desabafar, a escute até o fim. E se ela hesitar por medo ou insegurança, acalme-a e prossiga. Na maioria das vezes, elas só querem ser ouvidas e não receber conselhos (A não ser que ele(a) peça). E o mais importante, não finja falsa sinceridade, não dê essa expectativa falsa, além de ser uma ato bem babaca, isso só mostra que no fim, você não estava preocupado e nem interessado em ajudar de fato, que só fez por mera educação.
5- Convide-o(a) para dar uma volta: Se possível no momento, convide-o para uma volta. Caso a pessoa aceite, converse e tente distrai-la e acalma-la, fazer atividades talvez, fazer alguma coisa bacana. Gastar a energia em uma caminhada ajuda bastante (Bom, pelo o menos para mim ajuda)
6- NUNCA, JAMAIS OFEREÇA BEBIDAS ALCOÓLICAS: É serio, em crises a pessoa pode associar a bebida como um escape. AI meu filho, ficará difícil faze-la abandonar.
7- E por ultimo. Não diminua isto: Ansiedade é algo que precisa de atenção, assim como a depressão. É algo que afeta a vida de alguém de forma profunda, sendo motivo de vários suicídios e problemas graves nas famílias. Não a trate como algo banal e sem importância, é algo que precisa de atenção e empatia.
︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶ °・❀
Conselhos para aqueles que Tem a ansiedade e querem uma mãozinha para amenizar os efeitos ♥
1- Pratique alguma atividade física.Dança, artes marciais, ginastica... Qualquer coisa! Isso, além de dar uma animada e fazer bem para a saúde, ajuda a distrair a mente e ''descontar o estresse''. É um ótimo incentivo.
2- Meditação: Se é algo que me ajudou muito nas minhas crises, é a meditação. Ouvir uma musica calma, controlar a respiração, fechar os olhos e relaxar o corpo. É uma boa pedida e AJUDA muito numa crise.
3- Ouvir musicas favoritas: Como uma ansioso precisa descontar sua energia, desconte dançando ou curtindo uma musica de preferência. Isso ajuda e MUITO, nem que seja necessário repetir a musica diversas vezes ou cantar junto.
4- Mantenha uma alimentação top: Sim, até a comida influência. Evite comidas muito gordurosas em certos horários do dia. Os hormônios podem ser nossos inimigos após alimentação.
5- Desconte em seus Hobbies ou descubra novos Hobbies: Nada melhor do que fazer o que a gente gosta, nestes momentos o Faça! Isso pode ajudar durante uma crise e vai distrair sua mente para focar neste Hobby.
6- Pense ao contrario de tudo!: Se realmente está difícil de suportar a crise e nada está ajudando, Alimente boas sensações. De todos os pensamentos negativos converta para os bons. Ex:;
"'Droga eu teria conseguido se eu tivesse feito tal coisa... Não, eu dei o meu melhor e sei que estão orgulhosos de mim. Vou me esforçar mais para que na próxima eu não comenta o mesmo erro. ''
''Ain... Ela falou tão mal de mim... Por que? O que eu fiz?... Não! Há pessoas que me ama do jeitinho que eu sou, e se essas pessoas que são importantes para mim me amam pelo o que eu sou e amam minha aparência, então eu acredito nelas e que se dane o resto!.
Isso é psicológico, não e deixe levar pelos os próprios julgamentos e não se castigue! ♥
7- Procure se amar e se auto entender, reconheça que todos podem errar, e que errar não é algo ruim. Aprender com os erros é melhor do que aprender com os acertos. Se caso você errar com alguma coisa, não se abale! Se valorize e reconheça que você é incrível e que há pessoas que adoram o eu jeitinho.︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶ °・❀

Minha experiencia: Sofro de ansiedade, fruto por parte da minha mãe e traumas vindo da época do fundamental/colegial. Meus dias são difíceis e parecem somente piorar. Minha crises são graves e preciso de ajuda na maioria das vezes, tomo medicamentos para ajudar nos sintomas que, muitas vezes, funciona. O sentimento de angustia é algo que realmente machuca, algo que não me dá paz e me faz ter pânico quase por três dias inteiros.
Quando meu namorado está comigo, me ajudando e me dando suporte e amor é algo muito bom. Me sinto muito bem e sinto que melhoro e evoluo demais a cada crise, é importante entender a existência dessas pessoas na nossa vida e de como isso ajuda a evoluir nosso ser. Já fui muito julgada, abandonada, criticada e realmente, são coisas que apenas pioram minha vida. Mas sigo lutando e espero ajudar outras pessoas como eu o aquelas que tem a boa intenção de ajudar estas pessoas.
Enfim, espero que tenham gostado e ter realmente ajudado alguém ♥
submitted by TiaSayu to desabafos [link] [comments]


2020.09.17 01:37 Denin1x Se não é depressão é quase isso

Hoje eu dormi a tarde, poucas vezes eu faço isso, e nas vezes que eu faço ou eu tô muito pra baixo ou eu tô exausto mesmo. Eu não fiz nada o dia inteiro, tinha marcado na agenda de estudar, não sei, não tô com vontade.
Também não quero sair de casa, as pessoas me olham estranho, não sei se é porque sou negro ou feio, talvez um pouco dos dois, meus amigos me chamam e eu invento sempre uma desculpa pra não sair. Meus amigos são mais bonitos que eu, sempre ouço as meninas elogiando eles e eu nunca fui elogiado, não cobro, talvez eu seja realmente feio e elas não querem mentir, tudo bem. Eu já estive na listinha dos " top meninos mais feios da sala ", poxa, se eu pudesse eu não seria feio, quem vai querer isso pra si? Eu não pedi pra nascer assim, eu até já me peguei querendo estar no corpo do meu colega branco, dos olhos verdes, cabelo loiro, ele se vestia bem, era bonito, tenho que admitir. Mesmo com isso tudo eu não me acho feio, eu até gosto de mim, da minha aparência, mas eu não posso dizer o mesmo das outras pessoas, deve ter um motivo pra sempre que vão falar o que acham de mim cortarem o assunto né. Sei muito bem que eu não devo ligar pra o que pensam de mim e tals, mas poxa, todo mundo pensa assim? Então deve ter algo errado né.
As vezes eu não consigo sair de casa, quando chego na porta, percebo que tem muita gente, vão me ver, ver minha feiúra, eu dou meia volta vou pro meu quarto e deito na cama, digo que não vou sair, sei lá, invento algo na hora.
Quando eu acordei hoje a tarde me veio uma sensação estranha, já tinha sentido isso antes, me veio uns pensamentos do nada, do tipo: — cara, já escureceu, eu tô dormindo, deitado, tô quase que nem um moribundo, não tô aproveitando a vida, se bem que eu sou um merda, não tenho mais muito papo, acho que notam quando eu vou rir pra simpatizar e o riso sai todo forçado, labios tremendo como se fosse chorar, por isso o papo morga na hora e a conversa acaba.
Sei que tudo isso é minha culpa, meu pensamento e minha baixa auto-estima, mas cara, é algo lá no fundo, não existe mudança de rotina que mude, eu nem tenho mais aqueles pensamentos de morte ou algo do tipo, gosto da minha vida, mas talvez assim seja pior, viver uma vida sem aproveitá-la, como uma criança muito pobre que olha um tênis bonito que ele tanto deseja na vitrine de uma loja.
Eu já sumi da vida de várias pessoas, nunca acredito que alguém goste realmente de mim, e mesmo que fosse verdade, o que eu faria? Eu só faço merda com quem eu gosto, é melhor me manter afastado.
Falando em vida, eu já não vejo mais graça nas coisas, piadas que meus amigos fazem eu rio pra não sair como chato, não gosto mais de fazer fofoquinha sobre outras pessoas, falar sobre relacionamentos, metas, estudos, sei lá, nada mais tem graça. Eu até tenho alguns sonhos mas fico pensando as vezes eles perdem o sentido, tipo, por que eu quero trabalhar? Tá, é pra fazer coisas que gosto, mas por que fazer algo que eu gosto? A vida só é isso? Manter a cabeça ocupada com coisas que gosta até que uma hora você morre?
Eu gostava de quando era criança, parece que tudo tinha mais cor, mais brilho, o sol parecia estar sorrindo pra mim, quando assistia os desenhos eu parecia estar naquele mundo, emoções intensas, paixões. Hoje nada disso tem graça, como se tudo tivesse perdido o brilho, como se eu tivesse fazendo hora extra na terra, o sol morreu, desenhos nem tem mais graça, não sinto mais aquela paixão por alguém, e dizem que eu sou frio pra caramba.
É como se eu tivesse sabido a história de um filme sem assistir, não vai ter o gosto de mistério, eu sei como acaba, 7 palmos a baixo da terra no cemitério da cidade.
submitted by Denin1x to desabafos [link] [comments]


2020.09.10 23:51 Helamaa 😳👉🏻👈🏻

a carência tá imoral e eu tô procurando uma namoradinha, se vcs conhecerem alguma mina que tenha esses requisitos, me avisem redpillada channer, dogoleira, wgtow, ancap, , jogadora de poker, bv, virgem, sem amigos, crente, fã da UDR,magrela, footlet,escuta Chico Buarque, weeabo, hikkimori, otaku, gameri, hetero,federal,trader de bitcoin,hacker, defacer, cubista, penspinner, recordista de memorização de baralhos, timida, mãe de pet, hidratada, não consumidora de açucar, saudável, youtuber, netolover, pooper, cambista, shitposter, anarquista, materialista, roquista, travesquista, mono talon vlogger, blogueira, e-girl, intolerante a lactose, intolerante a gluten, grinder e hipnóloga, fiel, niilista existencialista, metaleira, headbanguer, pelo no suvaco, patriota, masoquista, ballbuster, jogadora de minecraft, buceta fedida, que não tenha medo de chuta minhas bolas pelo amor de deus eu nao consigo encontrar uma menina pra chutar minhas bolas por favor deus eu imploro nao agusnto mais isso nao eh um meme porque voces tem medo de me chutar no saco. Raça: nórdica Altura: 170cm+ Pele: 1 ou 2 (Fitzpatrick) Olhos: 7+ (Martin) Cabelos: qualquer cor, mas apenas lisos ou ondulados (FIA) Nariz: reto ou virado para cima Crânio: dolico ou mesocefálico Óculos: não Aparelhos: não Queixo furado: não Covinhas: não Orelha presa: não Orelha de abano: não Franja em V: não Pelos no corpo: muito pouco Tatuagem: não Graduação: apenas cursos voltados à pesquisa Faculdade: apenas bem conceituadas Habilidades matemáticas: sim Idiomas: fluência em inglês e mais outro idioma Álcool, cigarro, drogas: não, nenhum Personalidade: introversão Cultura: europeia ocidental RELIGIÃO: Cristã Ortodoxa Gostar de escutar rogério skylab:
Para ser sincero, você precisa ter um QI muito alto para entender Rogério Skylab Para ser sincero, você precisa ter um QI muito alto para entender Rogério Skylab. O humor é extremamente sutil e, sem uma compreensão sólida de filosofia moderna, a maioria das piadas vai passar despercebida pelo telespectador médio. Há também a visão niilista de Rogério, que está habilmente tecida em sua caracterização - sua filosofia pessoal se baseia fortemente na literatura de Nododaya Volya, por exemplo. Os fãs entendem essas coisas; eles têm a capacidade intelectual para realmente apreciar a profundidade dessas piadas, para perceber que elas não são apenas engraçadas - elas dizem algo profundo sobre a VIDA. Como conseqüência, as pessoas que não gostam de Rogério Skylab são verdadeiros idiotas - é claro que eles não apreciariam, por exemplo, o humor no bordão existencial de Rogério "Chico Xavier é viado e Roberto Carlos tem perna de pau", que é uma referência criptíca para o épico Pais e Filhos do russo Turgenev. Estou sorrindo agora mesmo imaginando um desses coitados simplistas coçando a cabeça em confusão enquanto as músicas se desenrolam na tela de seu computador. Que tolos… como eu tenho pena deles. E sim, a propósito, eu tenho uma tatuagem do Rogério Skylab. E não, você não pode vê-la. É só para os olhos das damas. E mesmo elas, precisam demonstrar de antemão que possuem um QI com diferença absoluta de no máximo 5 pontos do meu (de preferência para baixo).
Rotina, Habitos e interesses: Nofap + Banho Gelado + comer carne crua + comer virado pra parede + biohack + dormir no chão + Jordan Peterson + mewing + HBD + PUA + jelq + dormir 5 horas por dia + café gelado sem açúcar + hipismo + compilação mitadas Enéas + alho cru + podcast do Joe Rogan + redpill + Brain Force + Jejum + meditação iasd + músicas para concentração, foco e inteligência + teste de QI da internet + grupos de linhagem viking do facebook + ficar longe do poste de internet 4G + youtube do varg vikernes + essência de morango da turma da mônica no narguilé + jogar vape na cara de todo mundo que tentar entrar no bloco da faculdade + 5 segundos de calistenia no deserto do atacama + darkcel + óculos do aécio na foto de perfil + ler quotes do nietzsche no brainy quote + criar galinha no quarto sem os pais saberem + Alho cru + uma colher de azeite quando acorda e outra antes de dormir + jejum de 24hrs a cada 72hrs + assistir VT no premiere logo que chega do estádio + canal Ultras World + LibreFighting + Operation Werewolf + comprar os artigos do Paul Waggener + Centhurion METHOD + humilliation exposure com a finalidade de criar uma crosta na sua mente capaz de desenvolver uma resiliência que resiste à humilhação como se ela fosse nada + tomar banho descalço em chuveiro de academia com chão mijado + musculação caseira + hackear o sono + Empreender + 10 livros de auto ajuda por mês + PUA + Selo super fã da fúria e tradição + Biokinesis + 432hz music + Mexer o pau sem piscar o cú + meditação transcendental + veganismo + minoxidil para cultivar uma barba + filmografia Jason Stataham + assistir vikings + redpill + ir no cinema sozinho + treino saitama + coach quântico + enema de café + dieta lair ribeiro + agua alcalina + O Método de Wim Hof + sabedoria hiperbórea + artigos da Nova Resistência + Biblioteca do Dídimo Matos + dormir virado pra patede assoviando no escuro pra espantar o curupira + dar 3 pulinhos toda vez que levantar da cama + dizer amém quando um 1113 azul passar por você na rua + 100 flexões por dia + 6 meses de jelq + injaculação guiada + sociedade thule + energia vril + chapéu de alumínio para se proteger das armas psicotronicas emitidas pela CIA + caderno de anotações smiliguido + pedir a bênção ao carteiro toda segunda de manhã + 3 horas de academia + 4 horas de corrida + mascar café + exercícios penianos do Dr. Rey + maratona saga Rocky + trilha sonora saga Rocky + trilogia Mercenários + filmes do Jason Statham + assoviar o hino do Palmeiras de ponta-cabeça + intro do Canal do Nicola em loop + palestras do Antonio Conte + vídeos do Rodrigo Baltar + dicas do Gustavo Gambit + aulas de italiano + dormir ouvindo Ultraje a Rigor + ler Walden pelado na mata atlântica de madrugada + ouvir músicas em velocidade aumentada + canto gregoriano árabe + ensinar hino do botafogo pra calopsita + fritar comida com banha de porco + assistir videos de situaçoes de risco com a finalidade de se preparar para o perigo + Terapia Holistica com formandos da UFPR no Jardim Botânico + Radiestesia para harmonizar vibração da casa + Metatron 432HZ no YouTube entoando a oração EU SOU + ler O Código da Vinci + Jesus Quântico + Barra Fixa na praça de madrugada escutando audiolivro do Jordan Peterson na voz do cara dos Fatos Desconhecidos + grupo POPEYE AFIANDO A PIKA + MyInstants AEEE KASINAO + Memes do Fausto Silva + ler O Evangelho dos Animais + stories do Copini no Instagram + Canal SocialGames7 com Gustavo Gambit e CIA + textos de Raphael Machado (Nova Resistência) + ser ex-membro do grupo Comunismo Ortodoxo + Monja Coen + Fazer origami com papel do bis + perder dinheiro com maquina de pegar ursinho + fumar palheiro com o avô + quebrar palito de dente no meio depois que usar + rezar Pai Nosso em aramaico + tentar se comunicar com o ashtar sheran + virar catequista e passar Plínio Salgado para as crianças + Limpeza de 21 dias de São Miguel Arcanjo + arrancar a fimose comendo cu apertado de galinha caipira + Regata branca WifeBeater com calça jeans clara e bota marrom + Ingressar na legiao estrangeira + Comprar toras de eucalipto pra reproduzir o centurion method mas nunca começar o treinamento + vender máquina de cartão de crédito + ler os escritos do Unabomber + Escutar a discografia do Paul Waggener + ler todos os livros do Pavel Tsatsouline + ouvir rap eslavo de cunho político suspeito + café com um cubo de manteiga dentro precedendo a primeira refeição do dia + beber 2L de leite por dia + Stronglifts 5x5 + Dieta Cetogênica + Canal Jason PROJETO GIGA + Cd do TRETA + comprar torre de chopp no prensadão + 2 cápsulas de Tadalafellas antes do sexo + só comprar comida japonesa importada pra dieta + comer arroz sem sal com peixe cru sem tempero enrolado em folha do fundo do mar + memes da página Dollynho Puritano + Deus Vult na capa do Facebook + acessar o dogolachan pelo computador da escola pra postar fanfic gay do Gilberto Barros + Trollar atendentes do mcdonalds no habbo hotel + ligar para o Motel Astúrias perguntar quando custa a bolacha Bauducco que aparece no site + Mandar entregar pizza na Rua dos Tamoios casa n°18 com portão vermelho + cosplay de russo no Omegle pedindo pra mostrarem a bunda + Dormir imaginando uma linha pra fazer viagem astral + recitar Homero pra mendigo + tomar antibiótico no café da manhã + Meditar imaginando o raio de luz violeta que representa a energia transmutadora + Workshop Reiki do Canal Luz da Serra MULHERES TERRAPLANISTAS RALEM.
Primeiro de tudo! Vai tomar no cu, MULHERES terraplanistas! Junto com todas que me contrariaram nos últimos meses falando "dur hur você não sabe nada de paleontologia, vai assistir seus desenhos filipinos e não encha o saco". TODOS OS DINOSSAUROS TEM PENAS! LERAM DIREITO? TODOS OS DINOSSAUROS TEM PENAS! A farsa ficou tão óbvia, que eles não tem mais como esconder que TODOS OS DINOSSAUROS TEM PENAS! Alguns mais penas, outros menos penas, MAS TODOS TEM. E aproveitando no mesmo vídeo, NÃO TEVE METEORO PORRA NENHUMA! Provavelmente as mudanças climáticas naturais, junto com a separação gradual dos continentes, é que extinguiu a mega-flora e a mega-fauna. E se teve algum meteoro, apenas acelerou o processo em uma região muito especifica. Agora só falta as ((especialistas)) e a (((Academia))) admitir que dinossauros nunca existiram e que foi tudo um erro grotesco de interpretação de pessoas que não sabiam que caralhos eram aqueles esqueletos. São apenas aves e mamíferos ancestrais de milhões de anos atrás. E antes que eu me esqueça, vai todo mundo que me contrariou tomar no cu!
GOSTAR DE MIM POR QUEM EU SOU E NAO PELA MINHA APARENCIA
Sério, de verdade, ser uma pessoa bonita não é fácil em nossa sociedade atual; não é só os olhares de desejo das mulheres e dos homens que me incomoda, e sim, o fato de ser só isso para as pessoas. Sou muito mais que apenas um cara bonito. Tenho qualidades além dessas, e saber que as pessoas não ligam para elas, pois estão entorpecidas de anseio pela minha formosura, me entristece muito.
Não suporto mais ser bonito. Tudo que eu queria era poder nascer de novo num corpo de uma pessoa feia, pois sério, vocês não sabem como me dói saber que por culpa de algo que nasceu em mim (a incrível beleza), serei rotulado eternamente por isso.
Eu trabalho, estudo, procuro, conheço, aprendo! Sou um ser-humano como qualquer outro e não só mais um rostinho bonito.
Pergunta antes de eu poder te namorar: Você é ocultista?
Essa é a pergunta de um milhão de dólares que raramente vejo sendo feita.
Se você ainda não for, pra se tornar minha namorada precisará ser e aqui está como fazer isso
É fato que a maior parte da literatura especializada ocidental acredita em Deus e Cristo, somente olhando-o por uma lente diferente. Não há um ritual que lhe aproxime de Deus, as coisas raramente são tão simples. Entretanto, com estudo e meditação o caminho começa a ficar mais claro.
Entenda que não sou nenhum senhor da verdade, e o que te falo hoje posso descobrir ser mentira amanhã. Saiba também que um dos maiores problemas desse meio é a falta de um início claro, sendo as obras tidas como introdutórias porcarias completas. Dito isso, lhe respondo o seguinte:
  1. O caminho mais completo para se aproximar do que você quer começa com noções do pensamento Helênico. Entenda que boa parte da visão de mundo cristã vem da antiguidade clássica, principalmente as noções de harmonia e belo. Não te peço para ler tudo o que já foi jogado ao chão pelos gregos, mas saiba um pouco das origens das coisas. Tenha uma ideia básica dos quatro humores gregos, e que essa é uma das origens para atribuirmos personalidades aos elementos da natureza. Entenda um pouco dos seus deuses e Cosmos, porque eles serão utilizados no futuro de forma metafórica em textos. Saiba que quando aparecer um hermafrodita em um texto especializado não há conexão com desvios modernos, mas com um simbolismo mais antigo (Salvo engano, sua origem é Platônica. Mais especificamente, O Banquete, durante os discursos sobre amor).
  2. Entenda que boa parte da origem da magia ocidental vem da confluência da cultura grega com a egípcia, incluindo a alquimia. A tábua esmeralda é um texto obrigatório. Leia um pouco sobre o Axioma de Maria, A judia. Aprenda um pouco da simbologia alquímica, porque será importante para você no futuro. É dentro da alquimia que irão discursar sem final sobre a trindade (pelo menos os da corrente de Paracelso). Não se pretenda nenhum mestre dos espagíricos, porque os químicos farão isso melhor do que você. Entenda que não havia essa separação absoluta entre o material e o espiritual, então os dois conhecimentos andaram juntos ao decorrer da história. Entenda também que haviam escritores voltados especificamente para a alquimia espiritual, enquanto outros à química.
  3. Estude a Cabala. Eu entendo que para alguns seja difícil dar atenção à Cabala Judaica com o surto conspiracionista chanístico sobre a índole de todo um povo, mas querendo ou não o judaísmo é o Pai da fé cristã, sendo Jesus judeu. Entenda que a árvore da vida é um estudo sobre Deus e suas emanações, e dela virá uma boa parte de seu conhecimento.
  4. Leia as coisas atuais sobre o assunto. Dê atenção aos escritores herméticos, principalmente.
Ocultismo é um saco, pelo menos se você for estudar seriamente. Você pode perder a vida se tiver um projeto ambicioso como se aproximar de Deus.
Você também pode pular algumas etapas no que te falei. Sobre a parte do pensamento grego, saiba que boa parte é "dispensável". Dito isso, recomento que entenda um pouco sobre o funcionamento do Cosmos de Ptolomeu. Entenda também alguns dos símbolos planetários, porque seu entendimento irá lhe ajudar no futuro.
Pra me namorar também tem que gostar dos animes:
Akame ga Kill! Akarui Sekai Keikaku Ana Satsujin Asu no Yoichi! Azumanga Daioh Balance Policy Black Cat BlazBlue: Remix Heart Chichi ga Loli na Mono de Choujigen Game Neptune: The Animation - Dengeki Comic Anthology Come Come Vanilla! Criminale! Dog Style Domina no Do! Eden no Ori Evangelion Fullmetal Alchemist K-on! Naruto Shingeki no Kyojin Yu-gi-oh
Sobre assistir Yu-gi-oh; quando eu era adolescente, gostava (na época que passou na TV Globinho e era moda), mas hoje em dia não gosto mais; então não assistiria de novo.
Quanto às minhas lembranças marcantes de Yu-gi-oh:
Em 2003, Yu-gi-oh era moda e todo mundo na escola da quinta e da sexta série jogava com cartinhas piratas, já o pessoal da sétima e da oitava não se interessava. A propósito, em 2003 tiveram duas grandes modas de brinquedos baseados em animes, cartinhas de Yu-gi-oh e Beyblade. Outro brinquedo que todo mundo da quinta e da sexta série levava pra escola em 2003 depois que passou a moda de Yu-gi-oh e começou a moda da Beyblade era a Beyblade.
Outra lembrança marcante que tenho de Yu-gi-oh é que em 2003 na escola o pessoal criava suas próprias cartinhas, fazendo desenhos e estatísticas.
Fujimura-kun Mates Gantz Gou-Dere Bishoujo Nagihara Sora♥️ Higurashi no Naku Koro ni Kai: Matsuribayashi-hen Hitsugi no Chaika Ichigo 100% Ichinensei ni Nacchattara In Bura!: Bishoujo Kyuuketsuki no Hazukashii Himitsu Jigokuren: Love in the Hell Jinzou Shoujo JoJo no Kimyou na Bouken Part 4: Diamond wa Kudakenai JoJo no Kimyou na Bouken Part 5: Ougon no Kaze JoJo no Kimyou na Bouken Part 6: Stone Ocean JoJo no Kimyou na Bouken Part 7: Steel Ball Run Kaibutsu Oujo Lucky☆Star Mahou no Iroha! Mahou Tsukai Kurohime Monster Hunter Orage Mujaki no Rakuen Needless Zero Nyotai-ka Onihime VS Oretama Perowan!: Hayakushinasai! Goshujinsama♪ Re:Marina Rosario to Vampire Saitama Chainsaw Shoujo Sankarea School Rumble Shingetsutan Tsukihime Shocking Pink! Shurabara! Sora no Otoshimono Sora no Otoshimono Pico Akame ga Kill! Ana Satsujin Asu no Yoichi! Azumanga Daioh Balance Policy Black Cat BlazBlue: Remix Heart Chichi ga Loli na Mono de Choujigen Game Neptune: The Animation - Dengeki Comic Anthology Come Come Vanilla! Dorohedoro Nekopara Pet Toaru Kagaku no Railgun Magia Record: Mahou Shoujo Madoka☆Magica Gaiden Rikei ga Koi ni Ochita no de Shoumei shitemita.Rikei ga Koi ni Ochita no de Shoumei shitemita. Isekai Quartet 2Isekai Quartet 2 Ishuzoku Reviewers Somali to Mori no Kamisama Eizouken ni wa Te wo Dasu na!Eizouken ni wa Te wo Dasu na! Itai no wa Iya nano de Bougyoryoku ni Kyokufuri Shitai to Omoimasu.Itai no wa Iya nano de Bougyoryoku ni Kyokufuri Shitai to Omoimasu. Jibaku Shounen Hanako-kun Haikyuu!!: To the TopHaikyuu!!: To the Top Darwin's GameDarwin's Game Kyokou SuiriKyokou Suiri Plunderer
PRE REQUISITO: GOSTAR DE FILMES DE FAROESTE.
IMPORTANTE: Se você gosta de filmes de super heroi, pare de ler e va se foder.
Se você é assim, fique longe de mim.
NÃO QUERO AS MULHERES QUE: As que falam palavrões As que fumam As que usam drogas As que postam foto com bebida Que bebem (menos 🍷, isso é coisa de dama) As que vão para balada, festa, rave etc As que postam foto com decote ou sensuais
Há uma coisa que eu quero que você entenda sobre nós os homens.
Quando você colocar uma foto sua nua no facebook, fazendo uma pose gostosa, mostrando os seios ou como vemos em várias fotos mostrando o bumbum ou deitada sedutoramente em sua cama, a única coisa que você faz é que as pessoas tenham desejo sexual por você, claro em A maioria dos casos por parte de homens.
Eu sei que você vai ficar tão emocionada com os 500 likes, 120 comentários e as inúmeras mensagens privadas! Você vai querer postar cada vez mais fotos para se sentir cada vez mais no topo.
Mas há algo importante que você precisa saber:
Na verdade nenhum desses caras que gostam, comentam ou enviam mensagens privadas te ama. Tudo o que eles querem é usá-la e depois atirá-la para o lixo, para ser honesto nenhum deles a levaria para sua casa para ser sua esposa, acredite em mim, você para eles não é mais que uma menina de programa em busca de popularidade barata No Facebook.
Os homens ricos os que tem o que você procura "dinheiro" ou os pobres admiram as mulheres que se vestem com decência e se respeitam. Uma vestimenta decente que não revela muito o seu corpo, leva-os a amar e a respeitar-te, isto a simples vista nos diz que és uma mulher virtuosa, alguém a quem se pode levar para casa para ser esposa e mãe.
Isto em muitos casos diz-lhes que você foi criada com princípios morais e lhes dá detalhes do seu bom histórico familiar.
Eles não se preocupam muito com a maquiagem excessiva, uma mulher digna de propor casamento sempre se distingue do monte, não importa como.
Valoriza seu corpo, lembre-se que para encontrar diamantes é preciso cavar, respeita, e um verdadeiro homem vai te respeitar de um modo ou de outro.
Mas você terá muito respeito: Mulher, não mostre seu corpo no facebook, você não sabe que tipo de pessoas, venha suas coisas, você é uma mulher bela, não precisa de fotos, nem mostrar tanto, você pode conquistar com sua simpatia, com seu educación con seu sonrrisa,
As que já ficaram com amigos seus, ou que ficam com mais de 3 em um único ano As que não trabalham ou estudam (ou que estão em um curso irrelevante de humanas) As que não sabem o básico de uma casa, como lavar, passar roupa, cozinhar, trocar fralda, etc As interesseiras As que estão pedindo presentes sempre As que já estão comprometidas As não gostam de crianças ou dizem que não querem ter filhos (pessoas que não querem ter filhos não são confiáveis) As que tem piercing de bufalo
submitted by Helamaa to smurfdomuca [link] [comments]


2020.09.06 20:59 dontcrybutterfly Eu não sou ninguém na vida.

No começo desse ano (antes da pandemia) minha mãe precisou mudar de horário, no seu emprego, foi tudo de ultima hora. Ela soube em uma sexta-feira que iria começar no novo horário na segunda-feira.
Na segunda começava as minhas aulas na faculdade e as aulas do meu irmão pequeno, mas com isso eu precisei trancar a faculdade, já que no período da manhã não teria ninguém pra ficar com ele em casa. (Em casa sou eu, minha mãe, meu padrasto e meu irmao)
No começo eu fiquei mal, pois fazia 1 ano que eu tinha entrado no curso e estava realmente gostando, e vendo que era aquilo que eu queria. Mas quando a pandemia veio, até que não fique tão triste assim, em relação ao curso, já que então eu iria ficar em casa de qualquer forma.
Mas precisei largar a faculdade e não posso trabalhar para ficar em casa cuidando de uma criança que não é responsabilidade minha, eu não tive filho então porque tenho que abandonar o pouco que eu tinha e já não posso fazer mais nada pra cuidar de uma criança!?
E a cada dia que passa eu fico mais mal pensado que tenho 19 anos e não tenho formação nenhuma, não tenho experiência nenhuma e não consigo arrumar algum emprego, já que eles sempre pedem experiência.
Mas ao mesmo tempo fico mal de pensar assim, me achando ingrata já que nao preciso necessariamente trabalhar, e tenho o privilégio de poder ficar em casa cuidando dele. Mas eu também quero viver a minha vida, quero evoluir em algo.
E toda essa situação faz eu me sentir ainda mais sozinha. Eu sempre fui uma pessoa que gosta de ficar no meu canto, fazendo as minhas coisas. Mas ultimamente eu não consigo mais fazer isso e também não tenho realmente ninguém para conversar.
Tenho bem pouco contato com algumas meninas da escola, mas quase nunca se falamos. Conheci algumas pessoas na faculdade mas não criei nenhuma amizade forte, então assim que eu saí do curso também não tive mais contato com ninguém. A única pessoa com quem eu conversa mais era a minha irmã mais velha, mas ela teve bebê recentemente e claro que agora ela tem outras prioridades e eu entendo. Minha mãe sempre que vou falar com ela sempre acaba mudando de assunto e sinto que o que falo não é importante. A pessoa com quem mais falo é uma criança de 4 anos, já que passo o dia todo com ela.
Fora que nunca senti que alguém realmente gostasse de mim, nunca tive um relacionamento e acho que realmente ficarei sozinha em todos os sentidos.
Essa é a minha primeira vez escrevendo aqui, então se tiver algum erro me desculpem. Estou a semana toda tomando coragem para publicar isso, e como domingo é o único dia que eu consigo fazer algo pra mim decidi desabafar aqui. Obrigada se você leu até aqui <3
submitted by dontcrybutterfly to desabafos [link] [comments]